Home / Bahia e Salvador Guia de Turismo / Costa das Baleias / Caravelas é uma cidade histórica

 
Caravelas Centro Histórico

Caravelas Centro Histórico

Caravelas esta no extremo sul da Bahia a 870 km de Salvador e 36 km ao sul de Prado, na BA-001, às margens do Rio Caravelas, que aí encontra o mar.

Ao longo da costa, perto da cidade, há bonitas praias, Kitongo, Grauçá e Iemanjá em Barra de Caravelas.

A cidade na Costa das Baleias tem estrutura hoteleira razoável e realiza tradicionais festas religiosas assistidas por milhares de pessoas.

Para conhecer a região, o melhor são os passeios a cavalo por praias virgens ou passeios de chanlana pelo Rio Caravelas.

Caravelas foi fundada em 1581, sendo o município criado em 1700.

Em 11 de Maio de 1823 travou-se aqui um combate entre a marinha portuguesa e as forças brasileiras, durante a guerra da independência. Em 1855 passou à categoria de cidade.

A histórica cidadezinha baiana é a porta de entrada para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos.

De seu cais, emoldurado por casarões em estilo art nouveau e decorados com azulejos portugueses, partem os barcos que levam ao arquipélago, considerado um dos melhores pontos do mundo para a prática do mergulho.

 

E não é para menos: em suas águas cristalinas, onde a visibilidade chega a 20 metros de profundidade, escondem-se milhares de espécies marinhas, além de naufrágios e uma diversidade de corais só observadas na região.

Veja o mapa Costa das Baleias

É o caso dos chamados chapeirões – formações que remetem aos cogumelos e unem-se pelo topo, criando verdadeiros labirintos.

Praias de Caravelas na Bahia

Praia da Ponta da Baleia – Isolada, é procurada para surfe e mergulho. Ali, antigamente, as baleias eram desossadas pelos pescadores, daí o nome. Tem ondas fortes, coqueiros, areia dourada e solta. Acesso a pé – 2 km – pela Praia de lemanjá.

mapa municipio Caravelas Bahia

mapa municipio Caravelas Bahia

Praia de Iemanjá – Tem 4 km de extensão com areia fofa e dourada. As águas são turvas devido ao fundo lodoso (as praias do município são prejudicadas pelo Rio Caravelas). Boa para a pesca de camarão. Na entrada há um bar com estátua de lemanjá.

Praia Grauçá – Reúne os bares movimentados da cidade e tem hotel, pousadas e restaurantes. Fica junto a uma vila de pescadores, onde observam-se ossadas antigas de baleia utilizadas como peças de decoração. Tem areia escura e batida.

Praia da Barra de Caravelas (ou Aracaré) – A mais badalada, com pousadas. bares e estaurantes. Só permite banhos na maré alta – quando o mar transborda do leito do canal de Caravelas e avança sobre o trecho raso de areia escura. Tem boa sombra. Há um mangue e pesca farta (robalo, pescada, siri).

Praia Pontal do Sul – Ilhada e deserta, de águas límpidas. E separada de Grauçá por um braço estreito do mar. Areias brancas. Travessia fácil, 10′ de barco.

Praia Quitongo – Localizada no braço de mar onde desemboca o Rio Caravelas. Sem ondas. com faixa estreita de areia dourada. Aqui fica o Centro de Pesquisa e Manejo de Abrolhos, do Ibama. Perto daqui está o povoado de Ponta de Areia, cantado por Milton Nascimento. Tem hotel.

Praia da Barra Nova – Deserta, com areia fina e clara e coqueiros. Tem águas mornas e ondas fracas. Fica a 1h15 de barco a partir do porto de Caravelas.

Praia Ponta do Catueiro – Tem areia fina e clara e águas transparentes. Vegetação com coqueiros, pés de mangaba e pitanga. Fica a 1h30 de barco a partir do porto de Caravelas

Igrejas em Caravelas na Bahia

Igreja de Santo Antonio

A Igreja de Santo Antônio começou a ser construída em 1725, pelo padre jesuíta Antonio do Espírito Santo. Foi concluída em 1750, com reformas posteriores.

Igreja de Santo Antonio - Caravelas - BA

Igreja de Santo Antonio – Caravelas – BA

Em 1755, tornou-se sede da Paróquia de Santo Antônio de Caravelas.

De 1858 a 1863, a Igreja foi reformada.

Possui uma nave, capela-mor, duas sacristias, corredores laterais incompletos e uma capela lateral ao lado da epístola. A torre tem cúpula poliédrica revestida de azulejos brancos. O frontão tem cornija sustentada por pilastras coríntias.

Seu interior possui retábulos em estilo rococo, outrora dourados e, hoje, pintados de branco. Abriga imagens dos séculos 17 e 18.

Até 1962, Caravelas era uma paróquia subordinada à Diocese de Ilhéus, quando foi criada a nova Diocese de Caravelas pelo Papa João XXIII, pela bula pontifícia omnium Eclesiarum, de 21 de julho daquele ano.

O novo bispo tomou posse em 29 de julho de 1963. Em 1983, o Papa João Paulo II nomeou um novo bispo para a Diocese de Teixeira de Freitas/ Caravelas e a sede da Diocese foi transferida para Teixeira de Freitas (município mais populoso) no mesmo ano.

A Diocese tem a Catedral de São Pedro, em Teixeira de Freitas e a co-catedral de Santo Antônio, em Caravelas. Fica na Praça Sto. Antônio.

Igreja de Santa Efigênia

Igreja de Santa Efigênia em Caravelas na Bahia

Igreja de Santa Efigênia em Caravelas na Bahia

A Igreja de Santa Efigênia foi construída por escravos, para o culto católico dos negros, e dedicada a Santa Efigênia, uma santa de origem etíope.

Começou a ser erguida em 1755, em alvenaria e óleo de baleia. Foi parcialmente concluída em 1767.

Foi reformada em 1928. Os elementos decorativos da fachada têm características da primeira metade do século 20.

Situa-se na Praça Teófilo Otoni.

Bahia.ws é o maior guia de turismo e viagem da Bahia e Salvador

 
 

Deixe uma resposta

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: