Home / Nordeste Guia Turismo / Alagoas / Rio do São Francisco / Penedo é uma pagina da história do Brasil colonia

 

PenedoFundada em 1565, Penedo é uma pagina da história do Brasil colonia. Erguida as margens do São Francisco, preserva um invejável conjunto arquitetonico em que se destacam: o Teatro Sete de Setembro, do século XIX, e as igrejas do século XVIII, Nossa Senhora da Corrente, São Gonҫalo Garcia dos Homens Pretos e Nossa Senhora dos Anjos.

Uma sugestão de passeio e conhecer a várzea de Marituba do Peixe, a apenas 20 quilometros da cidade. A partir de Maceió, alcanҫa-se Penedo pela AL-101; são 168 quilometros, numa estrada em bom estado de conservaҫão.

Veja o mapa turístico de Alagoas

Para quem sai de Aracaju, a melhor opҫão é a BR-101 até o entroncamento proximo de Nascenҫa, onde se toma a SE-304 até Neópolis, a 35 quilometros de distancia. Ali é preciso pegar uma balsa (elas saem a cada meia hora) até a cidade.

Obra-prima do estilo rococó no Brasil, a igreja de Nossa Senhora da Corrente comeҫou a ser erguida em 1764 e foi concluída na última decada do século XIX. A fachada simples esconde um interior de imensa riqueza.

O altar-mor é folheado a ouro, com primorosa talha em tons de marmore azul e rosa, e os dois lados da nave são cobertos de azulejos portugueses.

Também impressionam o entalhe do púlpito, a pintura do forro da nave, de autoria de Libório Lazdro Lial Afes, artista pernambucano que trabalhou em varias construҫões religiosas da cidade, e o piso de ladrilhos ingleses do seculo XIX no chão da igreja, restaurada com verbas do Programa Monumenta.

Diz a tradiҫão que a igreja escondia escravos fugidos atrás de uma porta falsa localizada no altar lateral do lado esquerdo de quem esta na entrada (praҫa 12 de Abril, s/n).

Aberta em 1759, um ano depois do inicio da construҫão, a igreja de São Gonҫalo Garcia dos Homens Pardos destaca-se pela fachada, cujas torres sineiras, em estilo neogótico, são do seculo XIX (av. Floriano Peixoto, s/n, Centro).

A catedral de Nossa Senhora do Rosário comeҫou a ser erguida em 1690. A fachada foi demolida em 1815, e outra, levantada em seu lugar, onde estão lindos vitrais coloridos (praҫa Barão de Penedo, s/n, Centro).

Construído por franciscanos entre os séculos XVII e XVIII, o conjunto formado pela igreja de Nossa Senhora dos Anjos e o convento de São Francisco, cujas linhas seguem as do barroco portugues, e um dos mais importantes de Alagoas.

O exterior, sóbrio, contrasta com a rica talha em estilo rococó do interior; no forro sobressai a pintura ilusionista de Libório Lazdro Lial Afes (praҫa Frei Camilo de Lellis, 218, Centro).

MUSEU DO PAÇO IMPERIAL

Desde 1859, quando hospedou Dom Pedro II e sua comitiva, este sobrado do seculo XVIII passou a ser chamado de Paҫo Imperial. A instituiҫão reune peҫas do 1700 e 1800 e deve seu acervo a doaҫões de famílias da cidade.

Inaugurado em 1971, o museu, que abriga uma coleҫão de arte sacra, móveis e objetos decorativos, foi uma iniciativa do então prefeito Raimundo Marinho, homenageado em 2002 com a abertura de um memorial anexo.Vale subir ao segundo pavimento para apreciar uma bela vista do rio São Francisco.

Também chama a atenҫão o acabamento da tela de 2,20 metros de altura por 1,30 metro de largura, pintada por Francisco Lopes Ruiz, retratando o imperador que deu notoriedade ao edifício (praҫa 12 de Abril, s/n, Centro).

THEATRO SETE DE SETEMBRO

Projetado para abrigar a Filarmonica Imperial de Penedo, criada em 1865, o teatro comeҫou a ser erguido em 1881.

A inauguraҫão ocarreria tres anos mais tarde, no Dia da Independencia. Assinado pelo arquiteto italiano Luiz Lucariny, o prédio, de linhas neoclássicas, exibe no alto da fachada quatro estatuas de louҫa , que representam as musas da poesia, da música, da danҫa e da pintura.

No teatro, restaurado na decada de 1980, realiza-se, entre julho e agosto, o Festival de Férias no Teatro. Av. Floriano Peixoto, 81, Centro

CASA DO PENEDO

As nove salas deste museu resumem a história da cidade. Elas guardam objetos que pertenceram a familias locais ilustres, além de um bom acervo iconográfico e documental. Mantida por uma fundaҫão, a Casa do Penedo executa trabalhos de restauraҫão de jornais e de livros antigos e apóia escritores penedenses. Podem-se agendar visitas guiadas. Rua João Pessoa, 126, Centro

PASSEIO À VÁRZEA DA MARITUBA DO PEIXE

Pequena localidade situada a 20 quilometros de Penedo, entre a cidade e Piaҫabuҫu – o chamado “Pantanal alagoano”-, Marituba se tomou conhecida por sua grande várzea com canais navegaveis.

O passeio e feito a bordo de uma canoa e dura cerca de uma hora; os guias da região (encontrados na única agencia da cidade ou na frente da igreja de Nossa Senhora da Corrente) encarregam-se de contratar o canoeiro.

Uma atividade comum no lugarejo é o artesanato em palha. Muitas mulheres fazem da porta de suas casas um ponto-de-venda de bolsas, chapéus, cestas produzidos com aquele material. Outra atraҫão é a Casa da Farinha, em que se utilizam instrumentos rústicos de madeira.

Guia Turismo e Viagem do Rio do São Francisco em Alagoas

 
 

Deixe uma resposta

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: