Home / Bahia e Salvador Guia de Turismo / Salvador / Ponta de Humaitá é um dos lugares mais charmosos de Salvador

 
Ponta de Humaitá

Ponta de Humaitá

Ponta de Humaitá esta próximo ao Forte de Monte Serrat, é um dos lugares mais charmosos de Salvador, com privilegiada vista da Baía de Todos os Santos e um pôr de sol inesquecível.

Conheça um pouco da magia e da história da Ponta de Humaitá.

Para quem quer um fim de tarde imperdível, um bom passeio é para a Ponta do Humaitá, ponto turístico ainda pouco divulgado da península de Itapagipe, cidade baixa. De lá é possível ter uma belíssima vista da cidade.

No pátio que invade o mar, tem uma igrejinha, um convento e um farol, de onde temos uma das mais poéticas paisagens marinhas da Baía de Todos os Santos, especialmente no pôr-do-sol.

 

Veja o Mapa de Salvador

Forte de Monte Serrat

Forte de Monte Serrat

A Ponta de Humaitá fica perto do Forte de Monte Serrat ou São Felipe, construção datada do século XVI, considerado, pelas suas linhas harmoniosas, o mais belo monumento militar da Bahia.

Construído a partir de 1583, numa posição estratégica no alto da ponta, foi concluído em 1742, sem modificações em sua planta original. Desde 1993, abriga o Museu da Armaria, com armamentos civis e militares, alguns utilizados pelo Exército no passado.

Desse forte se tem a vista mais privilegiada da entrada da Baía de Todos os Santos, vendo-se de um lado Salvador e a Ilha de Itaparica do outro.

Mosteiro de Monte Serrat

Mosteiro de Monte Serrat

Charme e beleza deslumbrantes. É isso que o visitante encontra na Ponta de Humaitá.

Uma pequena península sobre a Baía de Todos os Santos onde foram construídos no final do século XVI a Igreja e o Mosteiro de Nossa Senhora do Monte Serrat.

Estendendo-se longitudinalmente à Fortaleza de Monte Serrat, essa península, também conhecida como Ponta de Monte Serrat, foi em outrora lugar estratégico para a observação da Baía e defesa da cidade de Salvador.

Além da igreja e do mosteiro a Ponta de Humaitá abriga um charmoso farol e um pier, recentemente reformado para dar ao visitante conforto para a observação da paisagem.

Seja do pier, seja do farol ou das imediações da igreja, em qualquer ângulo é possível assistir a um pôr de sol inesquecível. Com certeza, uma das mais belas paisagens de nossa cidade.

Veja abaixo a história da Igreja de N.S. de Monte Serrat.

O primitivo santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat foi fundado por volta de 1580. O conjunto arquitetônico data da segunda metade do século 17, com projeto do arquiteto italiano Baccio de Filicaya.

A igrejinha foi construída pelo governador-geral do Brasil Francisco de Souza, na mesma época em que edificou o forte de São Felipe. Francisco de Souza doou o templo ao Mosteiro de São Bento.

A Igreja de Monte Serrat em ilustração publicada, em 1866, no livro Brazil and The Brazilians, de J.C. Fletcher e D.P. Kidder.

A Igreja de Monte Serrat em ilustração publicada, em 1866, no livro Brazil and The Brazilians, de J.C. Fletcher e D.P. Kidder.

No início do século 20, ela foi reformada e o altar-mor recebeu ornamentos da Igreja de São Bento. Abriga uma imagem de São Pedro Arrependido, de autoria de Frei Agostinho da Piedade.

Bahia.ws – Guia de Turismo e Viagem de Salvador, Bahia e Nordeste

 
 

Deixe uma resposta

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: