Home / Bahia e Salvador Guia de Turismo / Salvador / Maravilhosas Praias em Salvador

 

Praia do Porto da BarraAs praias em Salvador são muito mais que coqueiros, sombra e águas mornas, a orla de Salvador da um banho de história, diversão e lazer.

Testemunha dos primeiros passos da nação, o litoral soteropolitano, alem de lindo, da um banho de cultura quando o assunto, em questão, e patrimônio histórico. São dezenas de igrejas, fortes, museus, faróis e navios naufragados entre as dezenas de atrações que remetem aos primeiros anos da Terra Brasilis.

São 50 km de praias que, com certeza, agradam a todos. Tem de ondas fortes e fracas, de águas calmas e agitadas, azuladas e esverdeadas, lotadas ou quase desertas e até mesmo de nudismo. Nem todas próprias para banho, e verdade, mas, na maioria, são mais do que ideais para inesquecíveis momentos de lazer durante uma temporada de sal e sol. Para esportistas, opções não faltam.

Há praias para cada tipo de atividade. As de boas ondas são as preferidas dos fãs de surfe e bodyboard, enquanto que as que apresentam ventos constantes são ideais para windsurf.

Já as de mar calmo convidam a velejar, e mergulhar nelas e revelador.

Até fora da água as praias de Salvador estimulam outras praticas esportivas, como as de faixa larga de areia, palco para animadas partidas de beach soccer, futevôlei, vôlei de praia e frescobol.

Geograficamente, as praias estão divididas: Cidade Baixa, onde são banhadas pela Baia de Todos os Santos, e Cidade Alta, costeada pelo Atlântico. Exceção e a Praia Porto da Barra, que fica na Cidade Alta e é banhada pela Baia de Todos os Santos.

Para quem gosta de se refrescar demoradamente ou praticar algum esporte aquático ou ä beira mar, Salvador oferece dezenas de alternativas por perto. Basta sentar e assistir a vida passar diante dos olhos nesse pedaço de paraíso.

Veja o mapa da Baía de Todos os Santos

Baía de Todos os Santos

Com 3,5 km de extensão e mais de l mil km2, a baia engloba dezenas de praias. A maior parte e constituída por enseadas de mar calmo, calçadão, ciclovias e barracas padronizadas.

Todas são urbanizadas e oferecem uma bela vista de Salvador. Graças as águas calmas e mornas, suas praias são muito procuradas para esportes náuticos, como windsurf, esqui aquático e caiaque.

Algumas tem particularidades, como a Praia de Boa Viagem, onde se encontra a Igreja da Boa Viagem, construída no século 18.

Já a Praia da Ribeira, conhecida como Praia da Penha (por causa da Igreja de N. Sra. da Penha), e um dos locais mais charmosos e boêmios da capital baiana. Por lá também ocorrem diversas provas de esportes náuticos. Agitada, clima romântico, boa para mergulho, esportes náuticos, windsurf e crianças.

Veja o mapa das praias de Salvador da Bahia

Praia Amaralina

Praia Amaralina

A praia famosa por suas ondas fortes e por ter a pesca esportiva liberada, Amaralina também reserva outros atrativos. Com um calçadão extenso, a praia serve de pista de Cooper para muitos adeptos. E para os que apreciam as iguarias baianas, em no Largo das Baianas de Acarajé está a oportunidade para repor as energias depois de um longo dia.

Praia da Armação

Praia da Armação

Embora não seja muito indicada para banho, há outros atrativos que chamam a atenção dos freqüentadores: os vários hotéis cinco estrelas, o Shopping Aeroclub Plaza Show (palco dos ensaios da Banda Araketu) e a larga faixa de areia, onde ocorrem campeonatos de vôlei de praia e beachsoccer.

As ondas grandes, que exigem atenção redobrada dos banhistas, são ideais para surfe. Boa para surfe

Praia dos Artistas

Praia dos Artistas

O nome e uma herança do período em que, como o nome indica, era a mais freqüentada por artistas na década de 1970. Entre eles: Caetano Veloso, Gilberto Gil e Gal Costa. Eles buscavam o clima paradisíaco que a praia oferecia, diferente das praias da região central. Com o topless no auge da moda, ficou conhecida como reduto da liberalidade.

Hoje, suas areias seguem disputadas por artistas e também virou point GLS (Gays, Lésbicas e Simpatizantes). Por conta dos fortes ventos e das correntezas e um tanto perigosa. Outro motivo para evitar o banho por ali e a poluição, trazida pelo Rio das Pedrinhas. Na orla, quadras poliesportivas, coqueirais e barracas compõem a paisagem. Agitada

Praia do Corsário

E a preferida da galera do surfe, ponto de encontro da juventude. As ondas são propicias para o esporte, e as barracas, abertas durante a noite, mantém boa programação de atrações musicais. Pela qualidade das ondas e sede de campeonatos amadores e profissionais. A faixa de areia larga permite a pratica de esportes como beachsoccer, vôlei de praia e frescobol. Boa para surfe

Praia do Farol da Barra

Praia do Farol da Barra

Uma das mais movimentadas da cidade, oferece diversos atrativos. Excelente para mergulho, com boa visibilidade e dezenas de naufrágios nas imediações. A orla e repleta de bares e restaurantes, que funcionam durante todo o dia.

O calçadão e muito procurado por adeptos de cooper, enquanto que alguns trechos da praia, com ótimas ondas, agradam em cheio aos surfistas. Na época de Carnaval, e lá que se inicia o famoso Circuito Osmar, por onde passam trios elétricos e blocos. Agitada e boa para surfe.

Praia do Flamengo

Praia do Flamengo

Ideal para quem deseja fugir da badalação. Localizada a 26 km da região central de Salvador, já na divisa com o município de Lauro de Freitas, possui mar esverdeado e recifes, formando piscinas naturais na maré baixa e fortes ondas na maré alta.

Gracas a essas ondas acaba sendo bastante procurada por surfistas. Dona de um vasto coqueiral, também acolhe vendedores da fruta, que, para deleite dos turistas munidos de maquinas fotográficas, percorrem a praia em cima de jegues. Boa para surfe.

Praia do Gamboa

Próxima ao centro da capital, e freqüentada por moradores do bairro. A areia e estreita e não tem muita infra-estrutura para receber turistas.

Porem, sua entrada fica ao lado de uma das mais belas atrações turísticas de Salvador o Solar do Unhão, construído no século 17, que já serviu ate de senzala para escravos e, hoje, abriga o Museu de Arte Moderna de Salvador. Pitadas de editoria também temperam esta praia. Em 1535, Diogo Álvares Correia, o Caramuru, morou no local.

O mar e calmo e muito procurado por mergulhadores. Boa para mergulho e esportes náuticos.

Praia do Itapuã

Praia do Itapuã

Com a urbanização crescente do bairro e o surgimento de vários hotéis e pousadas, a praia imortalizada pelos versos de Vinícius de Moraes tornou-se uma das mais badaladas do litoral soteropolitano. E, também, uma das preferidas das personalidades locais.

Tem piscinas naturais, pedras, coqueiros e um farol. Embora o mar por ali seja, em geral, bastante calmo, em alguns períodos e trechos apresenta ondas gigantes. Foi em Itapuã que ocorreu, em 2009, a segunda edição do Desafio Abubakir de Ondas Grandes da Bahia, evento que atraiu os grandes nomes do surfe brasileiro. Agitada e boa para surfe e windsurfe.

Praia de Jaquaribe

Praia de Jaquaribe

Localizada entre Piatã e Patamares, encontra-se a 18 km do Centro e é uma das três mais badaladas da cidade, sobretudo na alta temporada, quando e tomada por turistas. E dividida em três trechos: Praia de Jaguares, Praia do Sesc e Praia da Terceira Ponte.

Suas águas são calmas e mornas durante todas as estações. Também atrai surfistas e é palco de diversos campeonatos. Gracas ä areia, branca e fina, os banhistas aproveitam os trechos sem quiosques e barracas para praticar futevôlei e vôlei de praia.

Outra característica de Jaguaribe e o fato de ser um cenário recorrente dos treinadores de futebol, que encontram na areia fofa da praia as condições ideais para a preparação física de atletas. Agitada e boa para surfe.

Praia Jardim de Ala

Praia Jardim de Ala

Com um vasto coqueiral ajardinado que se funde ä paisagem urbana, oferece uma das melhores vistas da orla de Salvador. Bastante movimentada, ganha animação extra no período do projeto Verão Light, quando diversos eventos (aulas de aeróbica, dança, capoeira etc.) fazem de suas areias uma ótima opção de lazer para moradores e turistas.

O calçadão, com cerca de 15 km, abriga ciclovias e aparelhos de ginástica. E lá, também, que fica o Parque Costa Azul, com mais de 55 mil m2 de áreas de lazer, diversão e gastronomia. Agitada e boa para caminhadas e cooper.

Praia Jardim dos Namorados

Com ótima estrutura de lazer e diversão, e uma das preferidas das crianças. Por lá também se encontram quadras poliesportivas, playground e barracas. Porem, não e aconselhada para banho, já que o fundo da maré repleto de pedras. Quem parece não ligar para isso são os pescadores e os surfistas, que superam o obstáculo em busca de peixes e ondas fortes. Boa para surfe e crianças.

Praia de Ondina

Praia de Ondina

E dividida em três: Praia das Crianças, Praia da Sereia e Praia do Cristo. Um dos locais de maior infra-estrutura turística da cidade, acolhe a maior parte dos hotéis da capital. Lá também se encontra o Palacio de Ondina, residência oficial dos governadores.

A Praia das Crianças é bastante disputada pelo publica infantil, que conta com piscinas naturais esculpidas nas pedras. Na orla, coqueiros e uma quadra poli esportiva fazem a festa não apenas da criançada. Do outro lado, o mar agitado da Praia da Sereia e muito procurado por surfistas.

Mas e do morro, onde fica a estatua de Cristo (que da nome a praia), que se contempla um inesquecível por do sol. Agitada, romântica e boa para crianças.

Praia de Piatã

Praia de Piatã

A 19 km da região central, e uma das preferidas da juventude por conta dos bares e restaurantes. Alem da boa oferta de culinária baiana, shows musicais contribuem ainda mais para atrair quem esta em busca de diversão.

Com mar calmo, ate nas mares altas e possível caminhar na água.

Por essa razão, e muito freqüentada por famílias com crianças. Também e indicada para esportes náuticos. O encontro das águas de Piatã com as dunas de Placaford formam uma linda paisagem. Vale conhecer. Agitada, boa para mergulho, esportes náuticos e crianças.

Praia da Pituba

Praia da Pituba

O forte vento que balança as folhas dos coqueiros ajuda a compreender a origem do nome dessa praia, distante 10 km do Centro. Pituba, em tupi, significa sopro.

O bairro e o mais populoso da cidade e, talvez por isso, a praia seja poluída. Apenas alguns trechos são considerados próprios para banho, e o mais indicado deles e onde os pescadores guardam os barcos, próximos de recifes, piscinas naturais e águas calmas. Na orla, bares e restaurantes variados são boas opções de lazer.

De manhã ou no fim da tarde, a areia amarelada que contorna a praia e um corredor natural para os adeptos de caminhadas. Agitado

Praia da Pituba

Praia da PitubaCom mar calmo, águas mornas e muitos recifes — que formam piscinas naturais na maré baixa —, e a mais procurada por banhistas que, alem de ótimas condições da água, são atraídos pela beleza local.

Repleta de coqueiros, dunas altas e uma estreita faixa de areia, a paisagem e digna de cartão-postal.

O nome surgiu na década de 1960, quando uma placa de publicidade automotiva foi colocada na entrada da praia, que, na época, era o point da moda de Salvador.

Boa para mergulho, esportes náuticos e crianças.

Praia Porto da Barra

Praia Porto da Barra

Eleita pelo jornal inglês “The Guardian” a terceira melhor praia do mundo, e a única da Cidade Alta banhada pela Baia de Todos os Santos e é realmente linda. O por do sol chama atenção e atrai muita gente no fim de tarde. Pequena enseada de mar claro, calmo e momo, e excelente para banho.

Para completar, e cenário de importantes fatos históricos. Foi ali, em 1549, que desembarcou Tome de Souza, antes de fundar Salvador, que viria a ser a primeira capital do Brasil. Também neste local Americo Vespúcio fincou a bandeira portuguesa, simbolizando a posse das terras. Agitada e boa para mergulho, esportes náuticos e windsurfe.

Praia do Rio Vermelho

Praia do Rio Vermelho

Cheia de pedras, divide-se em três praias: Paciência, Mariquita e Santana. E desta ultima que, todo 2 de fevereiro, partem centenas de embarcações com oferendas para Iemanjá. Mas Rio Vermelho tem muito mais histórias.

No inicio do século 16, Diogo Álvares Correia, o Caramuru, naufragou ali, apos uma forte tempestade, e foi encontrado nas areias. Na década de 1970, era freqüentada pela elite de Salvador e por artistas como Dorival Caymmi e Caetano Veloso, que lá residiam.

Alem de histórias, alguns trechos da praia atraem levas de surfistas em busca de boas ondas. Agitada e boa para surfe.

Praia de Stella Maris

Praia de Stella Maris

Hoje, e um dos points mais freqüentados por surfistas e praticantes de bodyboard e Jet ski. Se na maré alta as ondas fortes atraem a galera, as piscinas naturais que se formam na maré baixa são um eterno convite ao relax dos banhistas.

Sede de luaus e campeonatos de surfe, como a 50a etapa do Super surf, realizada em junho de 2009, que recebeu grandes feras do esporte, como Neco Padarazzi, multi campeão mundial.

Na alta temporada, äs barracas ficam abertas a noite toda. Agitada e boa para surfe

Praia Pituaçu

Praia Pituaçu

Por ser protegida por recifes, suas ondas são fracas, ideais para crianças. As barracas são uma atração a parte.

Ficam abertas dia e noite e são famosas por servirem caranguejo, especialidade de Pituaçu. Nos conturbados anos de 1970 ganhou fama pelo clima de liberalidade. Foi lá que se registrou o primeiro topless na Bahia. Boa para surfe e crianças.

Bahia.ws – Guia de Turismo e viagem com hotéis e pousadas

 
 

Deixe uma resposta

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: