Rio do São Francisco

O Rio São Francisco tem 240 km de extensão em Alagoas e atravessa serras, cânion e banha cidades colonias históricas e colonias como Penedo, Piranhas e Piaçabuçu.

O Rio São Francisco atravessa serras e cânion encantando a todos e gerando riqueza às comunidades ribeirinhas.

Devido à força de suas águas do Rio São Francisco, no início do século 20 foi construído a Hidrelétrica de Angiquinho e na década de 80, à de Xingó, que garante grande parte da energia do Nordeste.

Com o represamento das águas, para construção da hidrelétrica, se formou um imenso e profundo lago onde são realizados passeios de barcos entre o majestoso cânion, paredões esculpidos pela natureza que chegam a ter 80 metros de altura.

Carinhosamente chamado de Velho Chico, o rio foi descoberto em 1501. Nasce em Minas Gerais e a natureza determinou que ele desaguasse soberano no mar de Alagoas.

Turismo no Rio do São Francisco

Piaçabuçu

Piaçabuçu esta distante 135 km de Maceió e com uma população de 12 mil habitantes, o nome da cidade vem de origem indígena que significa “Palmeira Grande”.

O povoado surgiu em 1660 e tornou-se cidade em 1952 – antes fazia parte do município de Penedo.

Um dos maiores atrativos turísticos de Alagoas fica em Piaçabuçu, na Foz do Rio São Francisco, cenário de indescritível beleza quando suas águas se encontram com o mar.

O município tem o maior banco de camarão do Nordeste e é um importante pólo pesqueiro.

Na Praia do Peba acontece anualmente, no mês de novembro, uma gincana de pesca de arremesso.

A praia, com 26 km de extensão, é Área de Proteção Ambiental e abriga um rico ecossistema em mangues, mata atlântica, aves migratórias, tartarugas, dunas e coqueirais.

Penedo

Penedo esta distante 160 km de Maceió, tem uma população de 60 mil habitantes.

A cidade, erguida sobre um rochedo às margens do Rio São Francisco no século 16, é considerada uma das mais bonitas e antigas cidades históricas do País.

O que chama atenção na cidade é o seu rico patrimônio histórico e cultural centrado em igrejas, conventos e palacetes dos séculos 17 e 18 que ainda se encontra em bom estado de preservação.

Passou a ser cidade em 1842, e hoje seu passado esta presente no seu conjunto arquitetônico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Nos passeios de barco pelo majestoso Rio São Francisco, de preferência ao pôr-do-sol, vislumbram-se paisagens encantadoras nas ilhas e vilarejos.

Penedo tem ainda a Várzea da Marituba, uma belíssima reserva ecológica, com vegetação peculiar.

Guia de Turismo e Viagem do Rio São Francisco