Sertão – Crato e Juazeiro do Norte

Sertão do Ceará é castigado pela secas e sua maior cidade é Juazeiro do Norte com sua religiosidade, Cariri com meu museu paleontológico e Crato.

Uma das viagens mais esperadas por muitos é a visita ao Juazeiro no Norte. Além da fé que movimenta a terra do Padre Cícero nesse período, o roteiro turístico que vem sendo agregado proporciona momentos de lazer e descontração aos visitantes.

Na cidade de Juazeiro do Norte no sertão do Ceará, destacam quatro pontos turísticos dentre esses a colina do horto, o museu do Padre Cícero, a Chapada do Araripe e o centro comercial.

O horto está a 3km da cidade de Juazeiro do Norte e compreende a estátua do Padre Cícero, o Museu Vivo do Padre Cícero, a Igreja do Senhor Bom Jesus do Horto e a trilha de acesso ao Santo Sepulcro (2.650 metros).

A Colina do Horto ganhou destaque na História de Juazeiro do Norte em virtude da presença do Padre Cícero Romão Batista, maior figura política e religiosa no final do século XIX e início do século XX. Hoje, a devoção pelo Padre Cícero continua a atrair anualmente centenas de milhares de romeiros de todo o Brasil, especialmente do Nordeste.

Já a chapada do Araripe no sertão do Ceará, é uma vasta área de vegetação que abriga uma floresta nacional, uma área de proteção ambiental e um geoparque.

A vegetação é bastante diversificada, apresentando domínios de cerradão, caatinga e cerrado. E sua fauna é rica em aves, mamíferos, répteis e insetos. É cada vez maior o número de pessoas a adentrarem na Floresta Nacional do Araripe, seja nas caminhadas de quilômetros, ou de bicicleta, com grupos que estão antenados com a natureza do Cariri. O turismo ecológico tem sido cada vez mais estimulado em nossa região.

O roteiro preparado para o viajante em Juazeiro do Norte reúne, na verdade, quatro vertentes. Quem busca conhecer a religiosidade da terra do Padre Cícero, o “Padim Ciço”, maior líder espiritual do povo do sertão, pode seguir pelos “Caminhos dos Romeiros” e visitar a Colina do Horto, onde toda a sua trajetória e história de vida está representada no museu. Quem quer conhecer a riqueza do patrimônio cultural e histórico do sertão, segue pelo “Cariri Histórico-Cultural”.

Para quem preferir um roteiro científico e pedagógico, repleto de arqueologia, geologia e paleontologia, percorre os caminhos da expedição “Desvendando a Pré-História” e encontra registros de até 110 milhões de anos, no Geoparque Araripe.

Já os apaixonados pela natureza, aventura e ecologia, podem seguir os passos dos “Cantos e Encantos da Chapada do Araripe”.

Situada ao pé da Chapada do Araripe no sertão do Ceará, Crato é considerada a ‘capital’ da região do Cariri. Por muito tempo – antes do advento da Universidade do Ceará – esteve mais ligado a Pernambuco.