Ceará, paraíso para o turismo e os esportes radicais

Windsurf no Ceará
Windsurf no Ceará

No Ceará chegam turistas de todo mundo para desfrutar a pratica de esportes radicais e de aventura como ecoturismo, kitesurf, asa delta e parapente.

Quando se pensa no Ceará, automaticamente vem à cabeça os 573 km de litoral do estado, com suas águas mornas e verdes e os 300 dias de sol ao ano.

As praias cearenses atraem turistas do mundo inteiro durante todo o ano em busca de belezas naturais e descanso.

Mas nem só de praia são feitos os encantos do Ceará.

O Sertão cearense, famoso por seus monólitos, clima semi-árido e artesanato, disputa em pé de igualdade a atenção de brasileiros e estrangeiros e também seduz.

Há, ainda, outros tipos de turistas que não dispensam uma visitinha à Canoa Quebrada, Camocim, Fortaleza ou Quixadá: os amantes de esportes náuticos e de voo livre.

Na Temporada dos Ventos no Ceará de agosto a dezembro, os amantes dos esportes radicais chegam de todos os lugares do mundo para desfrutar da adrenalina proporcionada por esportes como kitesurf, windsurf, asa delta e parapente.

Nesta época, os ventos atingem velocidades médias de 30 nós, o equivalente a 55,56 km/hora, possibilitando aos atletas superarem seus limites em voos de longa distância e exercerem sua criatividade na execução das mais diferentes manobras aquáticas e aéreas.

Novembro e dezembro prometem trazer ao Estado grandes nomes dos esportes às águas e céus cearenses.

Esportes Radicais e de Aventura no Ceará

Fortaleza

Para os amantes dos esportes de aventura como surf, mergulho, windsurf, kitesurf e hobie cat, a capital cearense é um paraíso.

Praia do Futuro em Fortaleza no Ceará

Os ventos alísios que batem na costa, fazem do Estado um dos melhores lugares do mundo para a prática de windsurf e kitesurf.

Entre novembro, Fortaleza sedia mais uma edição do Superkite Brasil e os atletas cearenses de kitesurfing prometem mostrar mais uma vez a sua supremacia com um show de manobras aéreas na Guarderia Brasil, na Praia do Futuro, que será palco do espetáculo.

A costa cearense oferece vários pontos favoráveis à prática de mergulho.

A Pedra da Risca do Meio, a 10 milhas do Mucuripe é pródiga em cardumes de peixes e arraias a uma profundidade de 28 metros.

Com saídas periódicas e aluguel de equipamento, são oferecidos serviços de mergulho com acompanhamento profissional.

Quixadá

Em Quixadá, localizado no sertão central a 158 km da capital, atletas de todo o mundo se reúnem para a edição do XCeará – Mundial de Voo Livre, em busca da superação de limites e recordes pessoais na modalidade cross country (longa distância).

Guia de turismo de Quixadá no Ceará

Camocim

Nas águas de Camocim, no litoral oeste a 365 km de Fortaleza, fervem com as disputas do Wind Slalom, com um uma disputa eletrizante e cheia de velocidade e a presença dos melhores atletas do mundo, como Gabriel Browne e Wilhelm Schurmann.

Canoa Quebrada

Em Canoa Quebrada, distante 180 km da capital no litoral leste cearense, sedia o Festival Internacional dos Ventos, com disputas de kitesurf, windsurf e parapente, além de uma belíssima regata de jangadas, unindo a tradição e o radicalismo e agitando o cenário bucólico e cheio de falésias do litoral leste cearense.

Cariri

Quem mora no Cariri, não usa as mãos apenas para erguê-las ao céus, mas também para aplaudir a natureza.

A Floresta Nacional do Araripe –  FLONA, conhecida como ” oásis do sertão”, integra a grande Área de Proteção Ambiental – APA e proporciona aos seus visitantes contato direto com a fauna, trilhas ecológicas, balneários e banhos terapêuticos em piscinas naturais, com três trilhas totalmente sinalizadas e acompanhamento de guias especializados.

O relevo do local é propício para a prática de esportes radicais.

Serras de Aratanha e Baturité

O cenário das serras de Aratanha e Baturité, uma região de clima ameno, vegetação rica e temperatura variando entre 17º C e 22º C contribuem para a exuberância da fauna e flora, propiciando a observação de pássaros e animais raros em seu habitat natural.

Rios, cascatas, cachoeiras e espelhos d’água formam palcos para ciclismo, trilhas,  cavalgadas,  pesca e a prática de esportes radicais. Quem gosta de adrenalina tem emoção garantida no rappel, canoagem e vôo livre.

Canoa Quebrada

Os bons ventos e a temperatura da água garantem excelentes condições para a prática do windsurf, surf e kitesurf na região, onde acontecem campeonatos nacionais e internacionais.

As escolas para apreciadores destas modalidades esportivas podem ser encontradas em Aquiraz, Beberibe e Canoa Quebrada.

As dunas, verdadeiros mirantes com visão privilegiada, oferecem oportunidades para a prática de sandboard. Para os curtidores de aventura que buscam fortes emoções, acontecem grandes competições off-road.

Jericoacoara

Graças aos ventos constantes, as praias do Litoral Oeste são excelente opção para a prática de surf, windsurf e kitesurf. As praias de Cumbuco, Taíba, Paracuru, Flecheiras, Icaraí de Amontada, Preá e Jericoacoara  ganham o colorido e a beleza das velas e pranchas, pois são etapas certas de campeonatos Norte, Nordeste, Brasileiro e Mundial destas modalidades esportivas.

Praia de Jericoacoara - Ceará

As ondas médias durante todo o ano possibilitam a prática de surf, sendo a região um pólo onde se realizam etapas de campeonatos profissional e amador deste esporte. O sandboard é outra mania que vem ganhando espaço nas dunas de Jeri e Paracuru.

Ibiapaba

Vôo livre em Tianguá. No Sítio do Bosco, a 3 km do centro da cidade, estrutura de decolagem natural em grama e muito espaço para montar o equipamento.

Rampa de vôo livre com área para camping e refeitório. Realizam-se campeonatos de vôo livre com a participação de pilotos do norte e nordeste. Do mirante descortina-se toda a estrada que corta a serra, a cascata e o sertão.

Parque Nacional de Ubajara – Ecoturismo

Um dos destinos mais encantadores do Ceará oferece ao turista um encontro com a natureza. Ubajara, situada a 847 metros acima do nível do mar, com 6.288 hectares e temperatura variando entre 18ºC e 25ºC, é conhecida por seu Parque Nacional. Nele são encontrados diversos atrativos naturais, como piscinas, cachoeiras e trilhas em cenários inesquecíveis.

Passeios por trilhas e banhos nas cachoeiras proporcionam o contato direto dos visitantes com a natureza. Destaque para a Gruta de Ubajara, um dos principais atrativos da Serra da Ibiapaba.

Na entrada do Parque, os turistas escolhem se querem chegar à Gruta através de um tranqüilo passeio de bondinho ou por caminhadas nas trilhas.

São diversos os níveis de dificuldade desses caminhos que levam à Gruta de Ubajara. Guias capacitados levam os visitantes pelas trilhas, que são devidamente sinalizadas pelo Ibama. Placas informam as espécies de árvores existentes no Parque.

Descer de bondinho significa curtir a paisagem do Parque em uma altura de 450 m que separam o alto da plataforma da gruta com direito a parada para uma visão espetacular.

A Gruta de Ubajara, com salas e formações rochosas, impressiona pela beleza ímpar. Estalactites e estalagmites estão por todas as partes em um espetáculo formado pela água e pelo tempo.

A gruta possui 1.120 metros quadrados, mas apenas 420 metros estão abertos para visitação.

A iluminação torna a caminhada mais segura e ajuda na apreciação das formações naturais. Sala das Rosas, Sala das Cortinas e Sala dos Retratos, cada uma com peculiaridades que fazem jus aos seus nomes.

Vídeo sobre as belezas naturais da Praia de Paracuru em Pedra Rachada no Ceará atraem famílias e esportistas

Ceará e os esportes radicais

Guia de Turismo e Viagem do Ceará

Comments are closed.