História da Fonte do Ribeirão em São Luís do Maranhão

Fonte do Ribeirão
Fonte do Ribeirão

A Fonte do Ribeirão é sem dúvida um dos pontos turísticos de São Luís mais bem quistos pelos próprios ludovicenses.

Localizada entre as Ruas do Ribeirão e dos Afogados, o símbolo afetivo da cidade foi entregue à população após um longo tempo de restauro feito pela Prefeitura Municipal.

A fonte perdeu sua utilização primária, que era o abastecimento de água na cidade, como ocorreu com diversas outras fontes da capital, e hoje, mais de 200 anos após sua inauguração, serve de cenário para os cliques fotográficos dos turistas.

Construída em 1796 durante o governo tenente-coronel D. Fernando Antônio de Noronha, que ansiava o melhor saneamento da região e melhoria da água para o consumo, é lembrada em diversas histórias contadas pelo povo ludovicense.

História da Fonte do Ribeirão em São Luís do Maranhão

Uma delas refere-se às galerias subterrâneas de aproximadamente dois metros de largura por dois metros de altura, que já foram abertas a visitação pública, mas atualmente encontra-se fechada.

Dizem que tais galerias abertas para o deslocamento de padres e frades entre as igrejas da cidade, de forma que não fossem vistos pela população. Outros inserem a Fonte do Ribeirão a uma das lendas mais famosas de São Luís, a da Serpente Encantada.

Acredita-se que a cabeça do monstro adormecido estaria ali. Alguns afirmam já ter visto os olhos vermelhos da grande serpente.

Registro antigo da Fonte do Ribeirão em São Luís do Maranhão
Registro antigo da Fonte do Ribeirão em São Luís do Maranhão

Arquitetura – Inserida num vasto pátio revestido por pedras de cantaria, a Fonte do Ribeirão é protegida por paredes de alvenaria. Sua fachada azul celeste ao fundo tem um frontão decorado com símbolos pagãos e cristãos, como uma pomba do Divino e no topo uma estátua de Netuno em pedra, sendo a atual uma réplica.

A original está de posse do IPHAN, para evitar vandalismo. Abaixo três janelas fechadas por grades que dão acesso às já mencionadas galerias subterrâneas.

Há também duas pilastras ornadas nas laterais. Por último, e não menos importantes, as cinco famosas carrancas da fonte em forma de peixes e de deuses.

As carrancas são feitas de pedra e com biqueiras em bronze, de onde as águas são canalizadas e levadas ao tanque para após escoarem por um rego que segue por toda a extensão do pátio até o Rio Anil.

Fonte do Ribeirão
Onde: Rua do Ribeirão, Centro

Como chegar

Pegue ônibus até a Av. Beira-mar, desça em frente a RFFSA. Siga para a direita, atravesse a via antes da Ponte José Sarney onde encontrará a Rua do Ribeirão. A fonte fica no fim da rua.

Guia de Turismo e Viagem de São Luís do Maranhão

One Comment

  1. Pingback: História e Arquitetura Colonial de São Luís do Maranhão - vídeos

Leave a Comment

You have to agree to the comment policy.

*

dezenove − 16 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Hide picture