Rio de Contas é considerada a primeira cidade planejada do Brasil

Igreja Matriz em Rio de Contas
Igreja Matriz em Rio de Contas

Rio de Contas é histórica da Chapada Diamantina.

Rio de Contas é um dos destinos turísticos da Bahia que atrai visitantes não só por conta das belezas naturais e pelas trilhas ecológicas, mas também pela memória preservada pelo casario colonial mais bem conservado da região.

Situada a 620 quilômetros de Salvador, Rio de Contas foi a primeira cidade criada da Chapada Diamantina, em 1723, ainda como vila, segundo o IBGE.

Rio de Contas - Bahia
Rio de Contas – Bahia

Porém, dados históricos apontam que a região começou a ser povoada por escravos fugidos da costa baiana, em 1687.

Rio de Contas tem ruas largas e grandes calçadões de pedra e fica a 56 km de Palmeiras, originou-se de um ponto de pouso onde os viajantes pernoitavam, e que deu origem, no final do século XVII, a um povoado denominado Creoulos na nova rota entre Goiás e Salvador.

Ali viviam em comunidade alguns negros alforriados, o que justifica sua primeira denominação.

Rio de Contas - BA
Rio de Contas – Bahia

Depois vieram bandeirantes e jesuítas. A descoberta das jazidas de ouro fez o lugarejo crescer, transformando-se na Vila de Nossa Senhora do Livramento das Minas de Rio de Contas.

Essa antiga cidade conserva mais de 400 casarões dos séculos XVII e XVIII de arquitetura barroca, todos restaurados, dentre os quais se destacam o prédio da Prefeitura, as igrejas do Santíssimo Sacramento e de Santana e o Teatro São Carlos.

Veja o mapa Chapada Diamantina

No Arquivo Municipal de Rio de Contas encontram-se jornais antigos, fotografias e documentos datados do século XVIII.

Na praça principal, foram filmadas cenas de Abril Despedaçado sob a direção de Walter SaIles.

Estrada Real o trecho de 6 km da Antiga Estrada Real próximo a Rio de Contas, todo de pedras assentadas por escravos no século XVIII, é perfeito para uma caminhada, com direito a vistas magníficas.

Pico das Almas em Rio de Contas
Pico das Almas

Foi o principal acesso para Livramento e hoje é uma das maiores atrações turísticas da região.

Veja também Pontos Turísticos da Chapada Diamantina

Vídeos sobre Rio de Contas

1. Riqueza Arquitetônica de Rio de Contas

Rio de Contas foi a primeira cidade planejada do país, apresenta praças e ruas amplas, igrejas barrocas, com edifícios da segunda metade do século XVIII e início do XIX.

É uma das raras “cidades novas” coloniais, criada por Provisão Real, de 1745, que recomendava traçado regular e arquitetura capaz de garantir seu embelezamento.

Casa de Câmara e Cadeia de Rio de Contas, atualmente, sede do Fórum Barão de MacaúbasObrigado por compartilhar. Lembre-se de citar a fonte: https://ensinarhistoria.com.br/rio-de-contas-chapada-diamantina/ - Blog: Ensinar História - Joelza Ester Domingues
Casa de Câmara e Cadeia de Rio de Contas, atualmente, sede do Fórum Barão de Macaúbas

As edificações do centro estão entre as mais importantes e belas da Bahia. As casas e ruas de pedras são muito bem conservadas.

A cidade foi rota do ouro e era um ponto comercial na Estrada Real. A beleza de suas ruas serviu de cenário ao filme Abril Despedaçado (2001), do cineasta Walter Salles.

Com diversos atrativos naturais em seu entorno, o município possui alguns dos picos mais altos do Nordeste. Dentre as singularidades da cidade estão o tradicional carnaval de máscaras e os vilarejos quilombolas e de descendência portuguesa. 

1. Cadeia e Casa de Câmara

Antiga Cadeia e Casa de Câmara, atual Fórum da cidade de Rio de Contas
Antiga Cadeia e Casa de Câmara, atual Fórum da cidade de Rio de Contas

Este casarão abrigava a cadeia mais temida de todo alto sertão da Bahia, que ficava no andar térreo, junto com a casa do carcereiro e do corpo-de-guarda. No segundo andar era o local da Câmara e da Audiência. O prédio presenta como particularidade o sino-do-povo, instalado na ombreira de uma das janelas do segundo pavimento.

Está localizado na Praça Senador Tanajura, antiga Praça da Matriz, com imensa visibilidade. Sem dúvidas, é o casarão mais fotografado da cidade.
Antiga Cadeia e Casa de Câmara, atual Fórum da cidade de Rio de Contas. 

2. Igrejas de Santana

Igreja de Santana em Rio de Contas
Igreja de Santana em Rio de Contas

Esta igreja é um exemplar raríssimo com três naves e capela-mor, que se comunica com as sacristias laterais. Construída por escravos na primeira metade do Século XVIII, ela nunca foi concluída.

As obras foram paralisadas em torno de 1850, quando ocorreu o êxodo da população local para as minas de diamante de Mucugê, Lençóis e Andaraí.

Em 1914, em decorrência de fortes chuvas, o telhado da igreja desabou. Somente em 1960, após ter sido tombada pelo IPHAN, foram realizadas novas obras a fim de preservá-la.

3. Igreja Santíssimo Sacramento em Rio de Contas

Igreja Santíssimo Sacramento em Rio de Contas
Igreja Santíssimo Sacramento em Rio de Contas

A Igreja Matriz é o melhor exemplar de arquitetura religiosa que se conserva em todo o sertão baiano. Foi construída no século XVIII, e não foi concluída.

Sua construção foi feita em alvenaria de pedra, pela mão escrava, e ostenta notável carpintaria.

O altar-mor e os dois laterais são todos revestidos e folheados a ouro. No forro da capela-mor existe uma pintura ilusionista, de inspiração italiana.
Igreja Santíssimo Sacramento em Rio de Contas.

4. Teatro São Carlos

Teatro São Carlos em Rio de Contas
Teatro São Carlos em Rio de Contas

Um dos três mais antigos do Brasil e o mais antigo do interior baiano. Inaugurado em 1892, foi palco de inúmeras apresentações de grupos locais e de produções vindas de outras partes do Brasil. Funciona, atualmente, como um espaço onde ocorrem ações e atividades educacionais e culturais.

5. Casa natal do Barão de Macaúbas

Casa natal do Barão de Macaúbas
Casa natal do Barão de Macaúbas

Casa natal do Barão de Macaúbas, casa natal de Abílio César Borges, o Barão de Macaúbas (1824-1891), grande educador brasileiro.

Construída provavelmente nos primeiros anos do século XX, é um exemplar típico das residências diamantíferas, sendo de uso misto (residencial e comercial). Atualmente é ocupada pelo Escritório Técnico do IPHAN e pelo Arquivo Municipal de Rio de Contas.

6. Casa de Fundição

Antiga Casa de Fundição, atualmente sede da Prefeitura Municipal de Rio de Contas
Antiga Casa de Fundição, atualmente sede da Prefeitura Municipal de Rio de Contas

Casa de Fundição, onde o ouro era derretido e transformado em barras. Atualmente é sede da Prefeitura Municipal de Rio de Contas.

2. Pontos Turísticos de Rio de Contas

1. Pico das Almas 

Com seus 1.958m de altitude, o Pico das Almas não é para principiantes, mas oferece aos aventureiros que chegam a seu topo uma incrível vista de toda a Chapada Diamantina.

2. Cachoeira do Fraga 

Bem próxima à cidade, é uma opção de lazer de fácil acesso. Seus poços são ótimos para banho. Há um bar nas imediações.

3. Cachoeira das Andorinhas 

Situada no interior de uma caverna, é um dos lugares mais belos da Chapada.

Cachoeira do Fraga - Rio de Contas
Cachoeira do Fraga

4. Pico do Barbado

Com 2.050 m de altitude, esse é o ponto culminante do Nordeste, e o mais visitado por amantes do montanhismo. Sua extraordinária beleza natural se deve principalmente à curiosidade de sua formação rochosa e à presença de sempre-vivas, bromélias e orquídeas.

Do topo tem-se vista panorâmica dos cumes vizinhos, como o Pico das Almas e o de ltaobira. Converse com o pessoal do Posto de Informação Turística de Rio de Contas e muna-se de mapas confiáveis.

Veja também a História de Rio de Contas

Bahia.ws é o maior guia de turismo e viagem da Bahia e Salvador.

Hide picture