Maranhão: Descubra as Maravilhas do Estado

Lençóis Maranhenses no Maranhão
Lençóis Maranhenses no Maranhão

Maranhão apresenta um rico ecossistema composto por manguezais, praias, rios, cachoeiras e um deserto tropical.

Além disso tem o encontro entre o antigo e o moderno que caracteriza o Maranhão.

No Maranhão se mesclam azulejos barrocos e tecnologia espacial, casas centenárias e espigões de última geração, bumba-meu-boi e reggae.

História do Maranhão

O domínio português custou a consolidar-se nessa região de contrastes, ainda nordestina, mas já fortemente influenciada pela cultura e pelas tradições da região Norte do país: os primeiros europeus a chegar à região foram os espanhóis, que desembarcaram no mesmo ano do descobrimento do Brasil; apenas 35 anos mais tarde os lusitanos iniciariam a colonização do local.

Em 1612, os franceses tentariam, com o auxilio dos grupos indígenas, instalar ali a chamada França Equinocial.

O território voltaria a Portugal três anos depois, com a expulsão definitiva dos franceses; criou-se, em 1624, a capitalúa do Maranhão e Grão-Pará, o que não impediu nova invasão em 1641, agora de holandeses – expulsos em 1644.

O Maranhão desligou-se do Pará em 1774 e expandiu-se graças à produção de açúcar, especiarias, arroz e algodão.

mapa do Maranhão
mapa do Maranhão

Video – Atrações turísticas do Maranhão

Pontos Turísticos do Maranhão

No século XX, na década de 1970, um projeto governamental deu início à recuperação das antigas edificações de São Luís; em 1997, a Unesco declarou o conjunto arquitetônico do centro histórico da capital maranhense patrimônio da humanidade.

O Maranhão é um dos maiores estados do nordeste brasileiro e apresenta um rico ecossistema composto por manguezais, praias, rios, cachoeiras e um deserto tropical.

Sem dúvidas, a localização entre as regiões nordeste e norte abriga belezas naturais típicas do nordeste, com toda a audácia e esoterismo da região norte do país.

O Maranhão tem destinos turísticos incríveis para conhecer no Maranhão, que são rodeados de belas paisagens e merecem ser admirados de perto.

Em Alcântara, uma ruína – a da igreja de São Matias, que começou a ser erguida em 1648 – faz as vezes de cartão-postal da cidade, onde se localiza o Centro de Lançamento, uma base de foguetes brasileiros.

Na região dos Lençóis Maranhenses, o patrimônio é outro: na área do Parque Nacional, dunas branquíssimas abraçam lagoas de um azul ar rebatador – outro espetáculo de contrastes das terras

O Maranhão é um estado com uma diversidade cultural e natural impressionante, oferecendo inúmeras atrações turísticas que variam de belas paisagens naturais a ricas manifestações culturais.

Aqui estão algumas das principais atrações turísticas do Maranhão:

1. Lençóis Maranhenses

  • Descrição: Um dos destinos naturais mais impressionantes do Brasil, conhecido por suas dunas de areia branca e lagoas de águas cristalinas.
  • Localização: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, nos municípios de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.
  • Atividades: Passeios de jipe, caminhadas, banho nas lagoas, sobrevoos panorâmicos, e observação da fauna e flora.
  • Melhor época para visitar: De maio a setembro, quando as lagoas estão cheias.

2. São Luís

  • Descrição: A capital do estado, famosa por seu centro histórico, que é Patrimônio Mundial da UNESCO.
  • Atrações: Centro Histórico, Palácio dos Leões, Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Casa do Maranhão, e as festas de Bumba-Meu-Boi.
  • Cultura: Rica herança colonial, com influências portuguesas, africanas e indígenas.

3. Alcântara

  • Descrição: Uma cidade histórica com muitas ruínas e casarões coloniais bem preservados.
  • Atrações: Ruínas da Igreja Matriz de São Matias, Igreja do Carmo, Casa de Câmara e Cadeia, e a Praia de Itatinga.
  • Acesso: Via barco, saindo de São Luís.

4. Delta do Parnaíba

  • Descrição: O único delta em mar aberto das Américas, localizado na divisa entre o Maranhão e o Piauí.
  • Atividades: Passeios de barco, observação de vida selvagem, visita às ilhas e dunas do delta.
  • Natureza: Manguezais, ilhas fluviais, e uma rica biodiversidade.

5. Chapada das Mesas

  • Descrição: Uma área de preservação ambiental com paisagens impressionantes, incluindo cachoeiras, cavernas e formações rochosas.
  • Localização: Região sul do Maranhão, principalmente nos municípios de Carolina e Riachão.
  • Atrações: Cachoeira da Pedra Caída, Cachoeira de Itapecuru, Morro do Chapéu, Portal da Chapada, e trilhas ecológicas.

6. Raposa

  • Descrição: Uma vila de pescadores famosa por suas rendas e belas paisagens naturais.
  • Atividades: Passeios de barco pelos igarapés, visita às praias e dunas da região, e compras de artesanato.
  • Natureza: Manguezais e praias tranquilas.

7. Riachão

  • Descrição: Conhecido por suas cachoeiras e piscinas naturais.
  • Atrações: Cachoeira de Santa Bárbara, Poço Azul, Encanto Azul, e trilhas ecológicas.
  • Atividades: Banhos em águas cristalinas, caminhadas e passeios ecológicos.

8. Carolina

  • Descrição: Uma cidade que serve como porta de entrada para a Chapada das Mesas.
  • Atrações: Complexo de Pedra Caída, Poço Azul, Cachoeira do Santuário, e o Rio Tocantins.
  • Atividades: Ecoturismo, esportes de aventura, e passeios culturais.

9. Tutóia

  • Descrição: Uma cidade no litoral norte do Maranhão, conhecida como a porta de entrada para o Delta do Parnaíba.
  • Atrações: Praias, dunas, e passeios de barco pelo delta.
  • Atividades: Observação de aves, passeios de barco, e relaxamento nas praias.

10. Parque Nacional da Chapada das Mesas

  • Descrição: Um parque com paisagens deslumbrantes e rica biodiversidade.
  • Localização: Entre os municípios de Carolina e Riachão.
  • Atrações: Cachoeira de São Romão, Cachoeira do Prata, Morro do Chapéu, e formações rochosas únicas.
  • Atividades: Trilhas, banhos de cachoeira, e observação da natureza.

O Maranhão é um estado que oferece uma variedade rica de experiências para os turistas, combinando belezas naturais com um patrimônio cultural e histórico significativo. Cada destino proporciona uma experiência única, refletindo a diversidade e a riqueza da região.

Publicações turísticas sobre o Maranhão

QUANDO IR AO MARANHÃO

• De março a julho, para pegar bem cheias as lagoas que se derramam entre as dunas nos Lençóis Maranhenses.

• De agosto a dezembro, quando o sol reina absoluto em São Luís (prepare-se, porém, para os fortes ventos).

• Em maio, para ver a belíssima festa do Divino Espírito Santo de Alcantara.

• Em junho, para participar das festas de São João na capital ou em Barreirinhas, e para assistir, no dia 23, ao auge do bumba-meu-boi, a celebração maior do folclore do estado.

Guia de Turismo e Viagem do Maranhão e Nordeste

2 Comments

  1. Pingback: Culinária Nordestina: Uma fusão de sabores e influências

  2. Pingback: A riqueza ambiental, a geografia, a flora e fauna do Maranhão - vídeo

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Hide picture