Home / Nordeste Guia Turismo / Alagoas / Rio do São Francisco / Piranhas com suas antigas casas é banhada pelo rio São Francisco

 

PiranhasPiranhas é uma cidade colonial banhada pelo rio São Francisco e puro charme, com suas antigas casas coloridas. Dom Pedro II também se encantou com ela e passou um bom tempo por aqui – segundo as más linguas, teria se encantado também com um nobre local.

Além do casario e das fofocas seculares, Piranhas tem outra surpresa: é parada obrigatoria para quem quer saber mais sobre o cangaҫo.

Vale esclarecer que a cidade nunca foi atacada por Lampião, por dois bons motivos: primeiramente, porque só tem uma entrada, o que deixaria os cangaceiros encurralados em caso de confronta; em segundo lugar, porque a padroeira local, Nossa Senhora, era a santa de devoҫão do chamado “Rei do Cangaҫo”.

Veja o mapa turístico de Alagoas

Lampião poupou Piranhas, mas não foi poupado: daqui saiu uma das tropas que pretendiam capturar o cangaceiro e seu bando – saiu e voltou de maos cheias, com onze caberҫas para serem exibidas em praҫa pública. Entre elas estavam as de Lampiao e de Maria Bonita.

Os despojos foram enviados à Bahia, mas Piranhas se regozijou em ser o primeiro lugar a ter exposto o fracasso do cangaҫo; aqui foi tirada a foto histórica, depois vendida para jornais do pais inteiro.

A história do cangaҫo pode ser conhecida no interessante Museu do Sertão, uma das atrarҫões da cidade, onde o turismo ainda esta se estruturando.

MUSEU DO SERTÃO EM PIRANHAS

O predio da antiga estaҫão ferroviária municipal em Piranhas, de arquitetura neoclássica, abriga este museu desde 1983.

Numa das salas esta exposto material relacionado a navegaҫão do rio São Francisco, à cultura popular do Nordeste e à historia da estrada de ferro que passa por Piranhas.

Na segunda, veem-se alguns púpitos, oratórios e outras peҫas religiosas. Na terceira sala o visitante tem acesso a um farto acervo dedicado ao cangaҫo – desde fotos e objetos que pertenceram a Lampiao e seu bando até cartazes da década de 1930 que ofereciam recompensa para quem capturasse o temido bandoleiro, vivo ou morto. Antigo Prédio da Estaҫão Ferroviária de Piranhas.

Guia Turismo e Viagem de Alagoas e Nordeste

 
Share this page
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: