Home / Nordeste Guia Turismo / Maranhão / Lençóis Maranhenses / Kitesurf invade o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

 

Kitesurf em Atins nos Lençóis MaranhensesSe há vento, há kitesurf em Atins.

Aos poucos, o kitesurf quebra a aridez do deserto. Um show de cores e manobras. Eles deslizam na água e é como se tivessem asas.

Os kitesurfistas encontraram o dia perfeito: ventos fortes, uma lagoa espessa, cheia de dunas que não impedem as rajadas de vento. Tudo que eles precisam para praticar o esporte cheio de adrenalina.

Temporada de cheia nos Lençóis Maranhenses vai até setembro

A geometria das dunas moldadas pelos ventos e as belas lagoas que se formam com a água da chuva é o principal atrativo dos Lençóis Maranhenses, cujas belezas podem ser aproveitadas de junho a setembro.

Este é o período em que as lagoas enchem, de modo que é possível banhar-se em águas cristalinas.

video

Kitesurf em Atins

Atins é um um pequeno vilarejo de pescadores, um paraíso perdido que fica entre o maior deserto do Brasil e o oceano atlântico, próximo a um rio intocado e várias dunas e lagoas: assim podemos descrever o povoado de Atins, no litoral do Maranhão.

Suas paisagens bucólicas formadas por casas simples, cerquinhas de madeira e arame, ruas de areia e muitas árvores, a tornam extremamente aconchegante.

Existem poucas pousadas, mas que se encaixam em todos os bolsos. Tudo muito rústico, sem luxo, nem ostentação. Areia fofa, praia deserta, mar verdinho e um visual de tirar o fôlego.

Para os velejadores, Atins é um pico incrível para Kitesurf.

No encontro do Rio Preguiça com o mar, existe a possibilidade de velejar no Rio, com a água lisinha e depois dos bancos de areia, no mar.

O Kite Point da galera é o Bar.Co – um barco naufragado, localizado na beira da praia, com sucos, drinks e lanches maravilhosos para passar o dia, sem falar no som que rola solto, com muito chill-out.

Na alta temporada, rola festas de reggae e eletrônica na praia. Há quem diga que Atins é a nova Ibiza, pela concentração de gringos e qualidade das festas, mas claro, com a magia de um lugar que ainda não foi contaminado pela multidão.

O litoral de Atins é imenso e belo, entretanto, no chamado “Canto de Atins”, a praia se junta às dunas e às lagoas, criando um cenário estonteante.

Kitesurf em Atns nos Lençóis Maranhenses

Kitesurf em Atins nos Lençóis Maranhenses

E como no povoado o vento atinge altas velocidades, um tipo de esporte aquático vem ganhando cada vez mais adeptos: é o kitesurf. A modalidade combina as manobras comuns do surf com a propulsão causada por uma espécie de “paraquedas” presa no corpo do atleta.

Inclusive, existe uma escola de kitesurf na comunidade e vários campeonatos já foram organizados no local, movimentando ainda mais a cidade.

Para os que não fazem Kitesurf, vale a pena fazer trekking nas dunas do Parque Nacional, lembrando que a temporada das lagoas cheias é de Junho à Setembro.

Como chegar em Atins

O caminho até Atins não é dos mais fáceis, mas com certeza vale a pena. Grande parte dos viajantes chega à capital do Maranhão −São Luís− e de lá viaja 252 quilômetros até Barreirinhas – trajeto que pode ser feito de ônibus ou com vans. Barreirinhas é o principal acesso até o parque, portanto existem muitas agências especializadas em transporte e turismo no local.

Existem duas opções para ir até Atins: por terra, em caminhonetes e jipes com tração 4×4, que conseguem atravessar os obstáculos da estrada – poças, trilhas no meio de pequenas florestas e dunas. O caminho todo leva cerca de 2 horas para ser feito.

A outra opção é por meio de barco, pelo Rio Preguiça, passando por Caburé, Mandacaru e outros pequenos povoados que integram a paisagem da região e deixam a viagem muito mais instigante.

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, localizado a 250 Km de São Luís, atrai os turistas que visitam a capital maranhense, interessados em conhecer o único deserto do mundo em meio a lagoas.

Pode-se chegar ao destino por Barreirinhas, que oferece os circuitos da lagoa Azul e Bonita; e Santo Amaro, um pouco mais distante, onde estão as lagoas da Gaivota e Betânia.

Os Lençóis Maranhenses se tornaram, ao longo da última década, uma das principais atrações turísticas de estrangeiros e brasileiros que visitam o Maranhão, de acordo com a Secretaria de Turismo do Estado. Os próprios moradores do Maranhão elegeram o destino como um dos melhores do estado.

As caminhadas pela areia exigem preparo físico e proteção contra o sol.

Mapa Lençóis Maranhenses

Mapa Lençóis Maranhenses

Não há venda de bebidas nem alimentos no parque. Para os mais aventureiros, em qualquer época do ano é possível fazer passeios de cavalo e longas caminhadas (trekking) cruzando o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

No povoado de Atins, em frente ao Rio Preguiças, é possível praticar kitesurf, stand up paddle, windsurf e conhecer um pouco da cultura local.

O passeio da Rota das Emoções, da qual os Lençóis Maranhenses fazem parte, sai do Parque Nacional de Jericoacoara (CE), passa pelo Delta do Parnaíba (PI) e vai até os Lençóis Maranhenses, com passeios de barco em alguns locais.

Para circular nos Lençóis a bordo de veículos 4×4 é preciso ter autorização do Instituto Chico Mendes (ICMBIO), em Barreirinhas. Os veículos de transporte que conduzem os turistas estão credenciados com a logomarca do Parque.

Veja o mapa Lençóis Maranhenses no Maranhão

Nesse pedacinho de Maranhão quase intocado, o que não faltam são roteiros fantásticos para a prática do kitesurf.

Kitesurf invade Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses no Maranhão

 
Share this page
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
 
%d blogueiros gostam disto:
Play All Replay Playlist Replay Track Shuffle Playlist Hide picture