Home / Nordeste Guia Turismo / Pernambuco / Litoral Sul / Porto de Galinhas tem praias deslumbrantes e excelentes resorts

 
Porto de Galinhas PE

Porto de Galinhas PE

Porto de Galinhas, com seu nome curioso e uma paisagem ainda selvagem, era até alguns anos atrás um dos passeios de domingo preferidos dos recifenses mais atirados.

Porto de Galinhas esta a pouco mais de 60 quilômetros de Recife que é a capital pernambucana, uma praia com piscinas naturais, de um azul translúcido, repletas de peixinhos, logo ali, na beira da areia.

Os mais entusiasmados começaram a construir suas casas de veraneio por lá, os espíritos empreendedores montaram pousadas.

Depois desses primeiros desbravadores, chegaram os “estrangeiros”, os turistas em visita ao Recife, atraídos pela beleza natural e pela infra-estrutura incipiente.

Hoje, Porto de Galinhas deixou de ser apenas passeio de domingo, é programa de férias inteiras. O esquema se inverteu: agora o visitante se hospeda em Porto e passa um ou outro dia no Recife.

A galinha Filomena, nome dado ao simpático símbolo da cidade estampado em placas, folhetos, totens de rua e suvenires, conquistou o coração dos turistas com atrativos múltiplos.

Mapa Porto de Galinhas

Além da praia com as famosas piscinas naturais, às vezes congestionadas tal a quantidade de jangadas que levam visitantes aos bancos de corais, Porto de Galinhas tem o conforto de resorts de alto nível, hotéis e pousadas charmosas, bons restaurantes e um movimentado centrinho de compras.

Em votação realizada no ano passado, foi eleita a melhor praia do Brasil pelos leitores da revista Viagem e Turismo – honraria devidamente apregoada em cartazes ao longo da estrada.

Quem não gosta de um marzão que não acaba mais, da água morninha das piscinas e ainda das mordomias típicas dos lugares que vivem do turismo?

Veja os vídeos sobre Porto de Galinhas em Pernambuco

Porto de Galinhas

As melhores pousadas ficam praticamente na areia das praias ao lado da vila, Cupe e Merepe. Isso significa ter, a poucos passos do quarto, serviço de praia, com espreguiçadeiras, toalhas, chuveirões, bebidas e petiscos.

Na mais atraente delas, a Pousada Tabajuba, a decoração com cores e desenhos nas paredes e em todos os objetos sintetiza o “estilo Porto de Galinhas” que se tenta imprimir a toda a cidade.

Em Muro Alto, 9 quilômetros ao norte, ficam os resorts Summerville e Nannai, vizinhos de cerca de uma praia encantadora.

A vantagem adicional de Porto de Galinhas é que quando o turista, mesmo com tanta beleza natural, começa a ter saudade dos atrativos urbanos, Recife está pertinho, a uma hora de carro.

Para quem não viaja no sistema de pacotes fechados, pode ser uma visita mais longa, de alguns dias. Vale a pena.

A cidade recuperou sítios históricos, como o Recife Antigo, bairro remanescente da colonização holandesa, e o belo Pátio de São Pedro, com sua majestosa igreja de feição barroca, e transformou-os em animados centros de barzinhos e shows.

E logo ali do lado, Olinda, jóia colonial, com monumentos históricos imperdíveis, como o Mosteiro de São Bento e o Convento de São Francisco, casarões cinematográficos, ateliês de artistas, restaurantes e bares simpáticos, ilhas de verde, oceano fazendo eco ao fundo, tudo fluindo para criar a sensação de que se está, nem que seja por alguns instantes, em outro mundo.

O Recife não existe para o turismo, tem vida própria e pontos de encontro cheios de colorido local, como os bares rústicos em que se come aratu e caldo de feijão – os mais tradicionais são o Biruta Comedorias do Mar, na areia da Praia do Pina, e o Casa de Banhos, na beira do Rio Capibaribe.

Mas a moda mesmo são os bares no estilo do Boteco, da Praia de Boa Viagem: paredes de azulejo, mesas com tampo de mármore, fotos emolduradas e garçons passando com a bandeja cheia de pastéis, coxinhas, casquinhas de siri, bolinhos de aipim, para o freguês se servir.

O novo Barrozo recuperou um casarão antigo com pátio interno, onde funcionava um clube naval, e montou bar, restaurante e boate com decoração elegante.

Quando o sol esquenta demais, o movimento aumenta e bate a vontade de sombra e água fresca, é só voltar para Porto de Galinhas – ou seguir mais e mais além, garimpando as belezas do litoral pernambucano.

A descoberta mais preciosa é a Praia de Carneiros

Praia de Carneiros

Praia de Carneiros

Lá, não há um grão de areia – branquíssima, por sinal – nem um coqueiro sequer fora do lugar.

A água do mar é tão transparente que parece mineral.

E ainda existem os detalhes: uma igrejinha branca com janelas e portas verdes, cuja escadaria dá na areia; uma piscina natural na ponta da praia formada por um pequeno recife e algumas árvores de mangue; uma ilhota só de areia, repleta de conchinhas e estrelas-do-mar, à qual se chega de caiaque.

Praias de PernambucoPassar o dia nessa praia de cartão-postal virou a cereja no bolo tanto para quem se hospeda em Porto de Galinhas quanto no Recife.

Para os diaristas, existem duas simpáticas barracas de praia.

Para quem quer imersão total no ambiente idílico, só há duas opções: a pousada e a fazenda Amaragi, que ficam num morro distante do mar, mas levam e trazem seus hóspedes de Kombi e lancha para a praia, onde mantêm um posto avançado com palhoças que servem de guarda-sol, espreguiçadeiras, ducha, almoço e redes para uma sesta.

Dá a maior inveja nos que só têm um dia para tanto visual

Guia de Turismo e Viagem de Porto de Galinhas

 
Share this page
 
 
 
 
%d blogueiros gostam disto:
Play All Replay Playlist Replay Track Shuffle Playlist Hide picture