Principais Pontos Turísticos do Piauí

Ilha Grande do Piauí
Ilha Grande do Piauí

Mais de uma infinidade de cenários exuberantes ficam em terras piauienses, como Delta do Parnaíba, Parque Nacional de Sete Cidades, Capadócia Piauiense, Oeiras, Serra da Capivara, Cânion do Rio Poti e a capital Teresina.

O kitesurf, por exemplo, impulsiona o turismo nas praias do Piauí. Em apenas 66 km, muitas belezas estão dispostas de Ilha Grande de Santa Isabel, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia.

Mapa turístico do Piauí
Mapa turístico do Piauí

Principais Pontos Turísticos do Piauí

Delta do Parnaíba

O passeio pelo Delta do Parnaíba começa no porto dos Tatus, em Ilha Grande, a 9 km de Parnaíba.

É onde se  encontram espelhos d’água, mangues, dunas, lagoas de água doce, fauna e flora, além de paisagens fantásticas. No final do dia, além de assistir ao por do sol na praia Pedra do Sal, a 20 minutos de carro do centro de Parnaíba, o visitante assiste à revoada dos guarás – espécie de ave de cor avermelhada – e um  espetáculo da natureza.

Um dos passeios mais famosos é o passeio pelo arquipélago, de lancha ou embarcações que levam até 60 pessoas, para apreciar animais silvestres e dunas.

Outro passeio é a Lagoa do Portinho, rodeada por dunas de areia branca, palmeiras e carnaúbas. Segundo a lenda, a lagoa surgiu das lágrimas da índia Macyrajara, que chorou por dias a morte do seu amor.

Um dos destinos mais procurados da região é a Ilha das Canárias, segunda maior do Delta do Parnaíba, que abriga um povoado de pescadores com mais de 2,5 mil habitantes.

Área de preservação ambiental, a ilha faz parte da reserva extrativista marinha do Delta e sua população é distribuída em quatro povoados: Canárias, Passarinho, Torto e Caiçara. Neste local existem pousadas e restaurantes ideais para interessadas no ecoturismo e também aos turistas que gostam de apreciar a natureza.

Outra atração é a parte histórica de Parnaíba, principalmente o Porto das Barcas. No local há armazéns antigos construídos no início do século 20 para estocar babaçu e cera de carnaúba. Hoje as casinhas coloridas abrigam restaurantes, lojas, bares e pousadas. É um lugar perfeito para caminhadas.

O aeroporto mais próximo é o de Teresina, cerca de 320 km de distância até Parnaíba. Para ter acesso ao Delta, o trajeto segue cerca de 9 km pela PI-220 até o Porto dos Tatus, de onde saem lanchas e barcos com turistas.

Mapa do litoral do Piaui
Mapa do litoral do Piaui

Luís Correia PI

O grande número de praias na faixa litorânea de 46 quilômetros faz da cidade de Luís Correia um dos destinos turísticos mais concorridos do Piauí. 

A cidade possui uma boa estrutura para receber os visitantes em suas praias, das quais as mais procuradas são Atalaia e Coqueiro.

As praias são a grande sensação de Luís Correia! Dentre elas podemos destacar a Praia de Maramar, ideal para a prática de Kitesurf; a Praia de Macapá com suas lindas piscinas naturais; a Praia do Coqueiro com suas águas calmas e mornas com ondas fracas; a Praia de Itaqui, uma das mais belas e tranquilas da região; e a Praia de Atalaia, a mais famosa e um dos cartões-postais da cidade.

Conheça os 9 melhores pontos turísticos de Luís Correia

1 – Rio Camurupim

O Rio Camurupim é um curso de água do estado do Piauí que atravessa o município de Luís Correia e desemboca no oceano. Chegando a foz, separa a praia da Barra Grande da Praia de Macapá.

2 – Praia de Maramar

Uma praia paradisíaca afastada dos centros urbanos, propícia para o banho e para a prática de kitesurf, que atrai turistas de todas as regiões do Brasil e do Mundo, boa parte deles praticante de kitesurf. A praia conta com uma estrutura completa de hospedagem, com pousadas e Resorts. A gastronomia também é um dos atrativos desta praia que fica a apenas 25,9 km do centro de Luis Correia.

3 – Praia de Macapá

A praia de Macapá é realmente um cantinho do paraíso escondido no pequeno litoral do Piauí. Além das belezas das piscinas naturais este lugar tem ganhado fama pelos fortes ventos favoráveis para a pratica do kitesurf; velejadores de vários lugares frequentam este local.

4 – Praia do Itaqui

Localizada a 10km da cidade de Luís Correia, no Piauí, a Praia de Itaqui é considerada uma das mais belas da Rota das Emoções. Um lugar que desperta os melhores sentimentos naqueles que buscam tranquilidade e também nos que estão atrás de aventura.

5 – Praia do Coqueiro

A praia do coqueiro é uma das praias mais belas do litoral do Piauí com lindas paisagens dominadas por coqueiros. Uma antiga vila de pescadores que hoje deu lugar a casas de veraneio e fica localizada a cerca de 10 km do centro de Luís Correia. As águas são calmas e mornas com ondas fracas e areia clara.

6 – Praia de Atalaia

Também conhecida como praia da Armação – é um dos cartões-postais da cidade e a mais famosa. A praia de Atalaia é uma das mais frequentadas pelos turistas e a maior e mais urbanizada praia do litoral do Piauí, com 15 km de extensão. A praia conta com uma ótima estrutura para o turista desde bares, restaurantes, shopping, sorveterias, acesso a cadeirantes, pousadas e hotéis. Esta praia é a mais recomendada para crianças e idosos pois possui uma faixa de areia grande, com águas rasas e calmas.

7 – Árvore Penteada

Localizada próximo à Praia de Macapá, a árvore penteada é um ponto turístico indispensável em Luís Correia. Conhecido como “árvore penteada”, um tamarindeiro chama a atenção de quem visita a cidade. Trata-se de uma árvore que, devido aos fortes ventos, teve sua copa virada para um dos lados, lembrando uma cabeleira penteada para trás.

8 – Porto de Amarração

O Porto de Amarração é o único porto marítimo do estado do Piauí.

9 – Piscinas Naturais

Na maré baixa, algumas piscinas se formam nos corais mudando completamente a paisagem da Praia de Macapá. O mar é sempre calmo e a água morna, bastante agradável. Como a faixa de areia é maior, você precisa caminhar um pouco mais para chegar ao mar, mas isso não será um sacrifício.

Barra Grande PI

Barra Grande é uma praia belíssima situada no pequeno município de Cajueiro da Praia, localizado no litoral piauiense.

Há alguns anos era apenas uma pequena colônia de pescadores. Hoje, vem se transformando em um dos principais destinos turísticos para os amantes da natureza com ênfase na prática do Kitesurf, devido aos seus ventos fortes que proporcionam condições ideais para a realização deste esporte.

Gente de todas as partes do Brasil e até do mundo vem conhecer Barra Grande. Vento forte e tranqüilidade são as principais características desta praia distante 400 quilômetros de Teresina.

Além da prática do kitesurf, você também poderá desfrutar do passeio da trilha do cavalo-marinho, além de várias opções de bares e restaurantes de arquitetura rústica e sofisticada em um cenário paradisíaco.

As opções de hospedagem em Barra Grande variam entre hotéis, pousadas, chalés onde os hóspedes desfrutam da deslumbrante vista para o mar.

É também, alvo de visitas dos que gostam dos esportes de aventura, devido ao seu enorme potencial ecoturístico.

Para os amantes dos esportes radicais, Barra Grande fica na Rota do Ventos, onde a constancia permite a prática de esportes de diversas formas, entre praias e dunas, ventos e ondas, a prática não se limita a uma só modalidade.

Pontos Turísticos de barra Grande PI

Kitesurf

Principal atividade local, o kite se tornou o esporte radical mais procurado por turistas pela sua facilidade de aprendizado. Turistas do mundo todo chegam a Barra Grande buscando aprender ou aprimorar seus conhecimentos sobre o esporte.

Windsurf

Ventos fortes é o que buscam aqueles que gostam desse esporte, e Barra Grande é sem dúvida uma boa para quem curte um freestyle.

Passeio de Caiaque pelo Mangue

Pelas águas calmas do mangue e somente na maré cheia, este passeio oferece liberdade de passagem onde nenhum barco chega, podendo-se assim, ver ninhos de aves locais como o Guará Vermelho, assim como animais da fauna local.

Cavalo Marinho

Este passeio, é o mais procurado pelos turistas que chegam em Barra Grande. Nele o turista verá as lindas águas do mangue onde estão os coloridos cavalos marinhos.

Sete Cidades PI

O Parque Nacional de Sete Cidades, no Piauí, é um lugar onde a beleza cênica dos paredões e formações rochosas servem de moldura para uma viagem ao passado ilustrada por pinturas rupestres.

mapa do Parque Nacional de Sete Cidades
mapa do Parque Nacional de Sete Cidades

Passado e presente se misturam nos mais de 6 mil hectares do parque, que também é uma zona de encontro da Caatinga com o Cerrado.

Pés de pequi e juazeiros se juntam na mesma paisagem que une flora e fauna típica dos dois biomas. A mistura só enriquece ainda mais as belezas naturais do parque que também possui cachoeiras, poços e lagos que garantem um refresco ao clima quente do Piauí.

Capadócia Piauiense

Um sertão quase desconhecido e paisagens impressionantes. A 5 km da cidade de São José do Piauí, podemos encontrar uma formação rochosa que é conhecida por suas belezas naturais com o nome Capadócia Nordestina.

O que muitos não sabem, é que esse lugar já existe há mais de 380 milhões de anos, pois essas pedras eram cobertas por uou seja, era uma cidade escondida.

Conforme o tempo foi passando e as pedras foram aparecendo, alguns engradeciam tanto esse local que ele passou a ser considerado um santuário, já para outros era a descoberta de um museu a céu aberto, com peças escupidas pelo vento que conseguiam brincar com a imaginação de todos.

Na época da sua descoberta ganhou o nome de Cidade de Pedras ou Três Irmãos, pois ficou conhecida por suas lindas fomações rochosas e estava localizada no povoado denominado como Três Irmãos, com isso os nomes escolhidos faziam divisão entre os dois sentidos.

O luga rque tem o tamanho de 2.500 hectares, depois de uma reportagem especial veiculada pelo Globo Repóter, ganhou fama de Capadócia Nordestina, ou simplesmente Capadócia. Se tornou um ponto turístico do interior do Piauí e atração para quem gosta de aventuras.

A Capadócia Nordestina, além de ser conhecida por suas formações rochosas também possui outras belezas, entre elas as pinturas rupestres, lendas que envolvem o local, além do Morro Três Irmãos que contém ao seu redor pequenas valas naturais nas rochas, onde podemos encontrar fósseis, em tempos de chuvas essas valas se enchem, possibilitando aos visitantes o prazer de um dia de sol com direito a banho em suas águas, como se estivessem em uma imensa lagoa.

Oeiras PI

O município de Oeiras , a cerca de 300 quilômetros de Teresina, guarda muitas surpresas para os turistas que a visitarem. A primeira capital do Piauí concentra uma grande riqueza histórica e religiosa, traduzida em seus casarões e nas manifestações de fé e religiosidade.

Visitar a cidade de Oeiras é voltar ao passado. A cidade tem um Centro Histórico, Casario colonial século XVIII e XIX, entre outros pontos turísticos. A rede hoteleira da cidade é preparada para atender grande número de turistas.”, disse.

Oeiras é considerada o núcleo mais antigo do Piauí e berço da história e colonização do Estado. “Aqui está um pouco da história do Brasil. Ainda conservamos acervos, prédios e até mesmo a gastronomia.”, falou Stefano.

Turismo religioso

A Semana Santa de Oeiras é a maior festa religiosa do Estado, período em que a cidade rebe o maior número de visitantes. Na verdade, a programação começa praticamente um mês antes da Semana Santa. São missas, vigílias, Via Sacra pelas ruas das cidades e passeios turísticos religiosos.

As principais manifestações são a Procissão de Bom Jesus dos Passos, onde milhares de pessoas acompanham a imagem secular do Bom Jesus pelas ruas do Centro Histórico, e a tradicional Procissão do Fogaréu, acompanhada somente por homens carregando lamparinas e velas, enquanto as mulheres ficam nas igrejas rezando.

Após quarenta dias da Páscoa, há a celebração da Festa do Divino Espírito Santo. Tradição portuguesa que celebra a vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos. Oeiras se veste de vermelho e branco. Todo ano é escolhida nova morada para abrigar a imagem do Divino. A família sorteada é morada da imagem do Divino por um ano.

Serra da Capivara

Serra da Capivara (PI) abriga vestígios milenares da história do povoamento das Américas. Pinturas rupestres famosas do local inspiram também a produção de artesanatos com cerâmica no sertão piauiense.

Serra da Capivara esta localizada em quatro municípios do sudoeste do estado do Piauí: Canto do Buriti, Coronel José Dias, São João do Piauí e São Raimundo Nonato.

O Parque Nacional Serra da Capivara foi criado em 1979 com o objetivo de preservar vestígios arqueológicos que certificam a presença do homem na América do Sul.

Por baixo das rochas gigantes, se escondem pinturas e gravuras rupestres, que são consideradas formas gráficas de comunicação utilizadas pelos grupos pré-históricos que habitaram a região há pelo menos 6 mil anos atrás.

Teresina PI

Capital do estado de Piauí, Teresina está localizada à margem direita do rio Parnaíba, a 366 km do litoral, sendo a única capital do Nordeste que não se encontra às margens do Oceano Atlântico, mas que não deixa de ter os seus encantos por conta disso.

Teresina é uma cidade de muito verde e, por conta disso, o escritor maranhense Coelho Neto rebatizou-a com o nome de “Cidade Verde”, devido sua densa cobertura vegetal.

Há, também, quem a chame de “Mesopotâmia do Nordeste”, uma vez que a parte central da cidade está localizada entre o Rio Poti e o Rio Parnaíba, pertencentes à bacia hidrográfica do Rio Parnaíba.

O que fazer em Teresina

1. Conheça o Museu do Piauí

Passeio perfeito para conhecer um pouco mais sobre a história da cidade. O museu está localizado em um casarão no centro da cidade e conta com dezesseis salas que expõem os tesouros da cidade, além de milhares de peças que envolvem artefatos indígenas, móveis, pinturas e até fósseis.

2. Igreja de São Benedito

Vale a pena conhecer a Igreja de São Benedito, que tem 142 anos e está localizada no coração da cidade. Ela é considerada uma das mais importantes construções do estado.

3. Visite o Palácio de Karnak

Considerado um dos cartões-postais de Teresina, o Palácio de Karnak possui uma bela fachada branca e uma arquitetura inspirada nos templos gregos. O local já foi residência do Barão de Castelo Branco e hoje é sede do Poder Executivo do Piauí.

4. Parque Ambiental Encontro dos Rios

Além de permitir uma linda visão do encontro dos rios, com dois mirantes disponíveis no parque, ele fomenta a cultura teresinense com artesanato, produtos alimentícios regionais, restaurantes, trilhas e pontos de pesca.

5. Complexo turístico da Ponte Estaiada

Ponto turístico imperdível. Além do espaço de convivência debaixo da ponte, esse complexo dispõe de um mirante que permite uma visão privilegiada da cidade. 

Cânion do Rio Poti

O Cânion do Rio Poti é um patrimônio natural belíssimo que precisa ser conhecido por qualquer pessoa que vá viajar para o Piauí.

Localizado na região da Serra da Ibiapaba, o local é ideal para a prática de esportes de aventura após o período de chuvas. Quem curte canoagem, trekking, ciclismo e rappel, não pode deixar de visitá-lo.

Veja também Guia de Turismo e Viagem do Piauí 

Guia de Turismo do nordeste e Piauí

Comments are closed.

Hide picture