Turismo religioso em Juazeiro do Norte e na região do Cariri

Mapa da Região do Cariri no Ceará
Mapa da Região do Cariri no Ceará

O Ceará é um Estado com forte representatividade religiosa.

No interior, pelo menos, quatro cidades têm o catolicismo muito presente nas figuras de Padre Cícero (Juazeiro do Norte), Nossa Senhora de Fátima (Crato), Benigna (Santana do Cariri) e São Francisco das Chagas (Canindé).

Estes municípios se interligam no chamado “percurso da fé”, quando romeiros migram de uma cidade para outra para celebrações católicas.

Somado a riqueza natural e a criatividade do artesanato da Região do Cariri no Ceará, está o turismo religioso.

A começar por Juazeiro do Norte, terra do Padre Cícero Romão Batista, o “Padim Ciço”, que somente recebe 3,0 milhões de visitantes entre curiosos e devotos do Padre.

A maioria dos visitantes vai a Juazeiro do Norte pelas romarias. “Vem muito cearense e muitos de outros estados do Nordeste também.

Principalmente de Pernambuco e Alagoas, entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro, quando ocorre a romaria ao túmulo de Padre Cícero, segunda maior do país, a cidade recebe 500 mil visitantes.

Os pontos de peregrinação religiosa em Juazeiro do Norte são paradas obrigatórias para a maioria dos romeiros e curiosos.

Colina do Horto em Juazeiro do Norte
Colina do Horto em Juazeiro do Norte

O trajeto começa pelo túmulo de Padre Cícero na Capela do Socorro. Em seguida, as paradas são: a primeira igreja de Juazeiro do Norte, a Basílica de Nossa Senhora das Dores e o Memorial do Padre Cícero, que abriga uma exposição com objetos usados por ele ao longo da vida.

Mapa da Região do Cariri no Ceará
Mapa da Região do Cariri no Ceará

A casa do “Padim” também está aberta ao público para visitações.

No alto da Colina do Horto, está a estatua de 27 metros de altura de Padre Cícero. Nos pés do monumento, milhares de fiéis escrevem pedidos e agradecem as graças alcançadas, além de aproveitarem a vista proporcionada por uma das mais belas paisagens do município.

A estátua tem 41 anos de existência e foi reformada neste ano em comemoração ao Centenário de Emancipação de Juazeiro do Norte.

Da Colina do Horto, segundo o secretário Santos, a peregrinação segue por uma trilha de três quilômetros.

No fim da trilha, há um espaço de meditação para os romeiros, com capelas e paisagens preservadas. Meditação que continua no Santuário dos Franciscanos, onde uma gruta proporciona o famoso “Passeio das Almas”.

Comércio

O turismo religioso impulsiona o comércio local. 90% do dinheiro que circula na cidade com as peregrinações fica no comércio informal.

E a produção artesanal é a mais procurada: santos de madeira e argila, amuletos, réplicas de partes do corpo usadas por pagadores de promessas, fitas, terços, entre outros. Mas há também opções de comércio formal, como o Centro de Apoio ao Romeiro.

Turismo religioso em outras cidades do nordeste

Pontos turísticos religiosos no Cariri CE

A maioria das cidades do Cariri recebe o turismo religioso. Algumas, no entanto, com movimentos mais fortes que outras.

1. Milagres

Em Milagres no Cariri, por exemplo, a 475 km de Fortaleza, as visitas em homenagem a padroeira Nossa Senhora dos Milagres ainda é tímido.

2. Barbalha

Mas, na vizinha Barbalha no Cariri, a celebração o “Festa do Pau de Santo Antônio” ou Festa do Pau da Bandeira já é internacionalmente conhecida.

Barbalha, além das belas formações de cerrado e caatinga, é ponto de encontro anual de mulheres solteiras. Pois, no mês de julho, acontecem as homenagens ao “casamenteiro” Santo Antônio, padroeiro da cidade. Milhares de visitantes vão até Barbalha para participar dos festejos.

O fato mais marcante das comemorações é o pau da bandeira, um tradicional rito praticado desde os tempos do Império e que se divide em duas fases. Na primeira, dezenas de devotos entram na Chapada do Araripe para extrair um tronco de árvore, que é deixado no meio da floresta para secar.

A segunda fase é a “procissão do pau” e começa alguns dias depois do corte da madeira.

Os devotos pegam o tronco cortado, carregam nos próprios ombros até o centro da cidade e erguem diante da Igreja Matriz de Santo Antônio com uma bandeira do santo.

Milhares de pessoas ocupam as ruas de Barbalha para presenciar a procissão e tentar tocar no tronco. Principalmente mulheres solteiras, acredita-se que o ”ritual” aumenta as chances de casar.

3. Santana do Cariri

Outra cidade que tem crescido no turismo religioso é Santana do Cariri.

A maioria dos visitantes em busca de conhecer o Memorial da Mártir Benigna, uma pequena capela construída com pedras de calcário laminado em homenagem a adolescente de 13 anos que morreu para proteger a castidade.

Segundo o pesquisador e historiador João Paulo Cabral Alves, cerca de quatro mil pessoas acompanharam a romaria de Benigna em outubro deste ano.

Memorial da Mártir Benigna em Santana do Cariri
Memorial da Mártir Benigna em Santana do Cariri

“Ela foge aos padrões católicos. Ela parte de uma canonização espontânea feita pelo povo. Ela é uma santa para eles”, explica o pesquisador. Outros pontos que têm recebido cada vez mais visitantes, segundo Alves, são o geossítio Pontal da Santa Cruz e a Igreja Matriz.

De acordo com o pesquisador, o Pontal da Santa Cruz leva este nome porque no fim do século XIX moradores construíram uma grande cruz no local para afastar um demônio que assombrava o povoado.

Atualmente, uma grande cruz de aço marca o lugar. Já a Igreja Matriz é dona de uma arquitetura centenária e recebe fieis e curiosos de todo o Nordeste.

4. Campos Sales

Na cidade de Campos Sales no Cariri, o Mirante de Nossa Senhora da Penha foi erguida que é padroeira do Município.

Com 26 metros de altura, a escultura se tornará o quarto maior monumento religioso no Ceará, atrás apenas das imagens de Nossa Senhora de Fátima, São Francisco das Chagas e de Padre Cícero. 

A estátua ficará na zona rural de Campos Sales, porém, distante apenas dois quilômetros do Centro da cidade.

5. Salvador da Bahia

O turismo religioso em Salvador da Bahia cresce anualmente e atrai cada vez mais multidões em peregrinações e eventos pelo país. Turismo religioso em Salvador da Bahia nos templos de fé e cultura.

O turismo religioso em Salvador como os eventos como a romaria de Bom Jesus da Lapa e as missas em homenagem à Irmã Dulce geram um fluxo global de aproximadamente 1,5 milhão de visitantes para o estado da Bahia.

São turistas movidos pela fé, que atravessam centenas de quilômetros para pedir proteção e agradecer bênçãos alcançadas.

Diz a lenda que Salvador (BA) teria 365 igrejas, uma para cada dia do ano.

6. Nova Jerusalém (Fazenda Nova) – Pernambuco

Considerado o maior teatro ao ar livre do mundo, a cidade teatro de Nova Jerusalém, com 100 mil metros quadrados, reúne milhares de pessoas todos os anos para assistir ao espetáculo da Paixão de Cristo durante a Semana Santa.

Há mais de 45 anos, turistas visitam Fazenda Nova com caravanas e excursões para conhecer o local e ver de perto artistas conhecidos nacionalmente interpretando personagens bíblicos.

O teatro fundado pelo pernambucano Plínio Pacheco entre 1951 e 1952 tem nove palcos-plateias, que reproduzem cenários naturais, e réplicas de palácios, que promovem uma experiência de imersão do público. Uma opção para quem busca por turismo religioso, cultura e boas opções de hospedagem dentro da própria cidade teatro.

7. Canindé – Ceará

No Sertão do Ceará, a cidade de Canindé, localizada a a 110km de Fortaleza, no Ceará, é conhecida pela devoção a São Francisco das Chagas. Há indícios de que o município tenha nascido em 1758, a partir de expedições de frades franciscanos.

Estátua de São Francisco em Canindé - Ceará
Estátua de São Francisco em Canindé – Ceará

A devoção ao santo faz com que o município receba anualmente milhares de fiéis entre os dias 29 de setembro e 4 de outubro.

Um dos principais pontos turísticos da cidade é um monumento de 30 metros de altura em homenagem a São Francisco, localizado no morro do moinho, que representa a devoção dos fiéis e faz com que a cidade seja conhecida nacionalmente.

No interior da estátua, turistas podem subir uma escada com 125 degraus até um mirante que fica na parte interna. Outro ponto muito procurado pelos turistas é a Basílica de São Francisco, fundada em 1775, e a Casa dos Milagres.

8. Sítio histórico de Olinda – Pernambuco

Com mais de 500 anos de história, sítio histórico de Olinda, em Pernambuco, oferece opções aos turistas, que vão desde a visitação a lugares religiosos até os locais marcados pela folia.

Documentário Igreja do Carmo de Olinda

É possível conhecer a Igreja do Carmo de Olinda, uma das mais antigas do Brasil, fundada em 1588.

Também é possível visitar o Convento de São Francisco, fundado em 1577, o primeiro dedicado à ordem franciscana no Brasil. Nele está guardada a primeira biblioteca criada em Olinda e a terceira criada em todo o país. 

Convento de São Francisco em Olinda

Também é possível conhecer três museus: regional, arte contemporânea e arte sacra. A Igreja da Sé, fundada em 1537, é um dos pontos turísticos mais procurados da cidade. De lá, é possível ver do alto as cidades de Olinda e Recife. Um lugar para quem quer registrar o momento na cidade alta com vista para o mar. 

Turismo religioso no nordeste

Leave a Comment

You have to agree to the comment policy.

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Hide picture