Home / Nordeste Guia Turismo / Rio Grande do Norte / Litoral Sul / Praias e Lagoas de Nísia Floresta RN

 
Nísia Floresta RN

Nísia Floresta RN

Além das belas praias, Nísia Floresta tem ainda um imenso complexo de lagoas, são mais de 20 lagoas.

A praia de Pirangi do Sul, onde estão os parrachos, já faz parte do município de Nísia Floresta, ao qual pertencem também as praias de Pirambúzios, Búzios, Barra de Tabatinga, Camurupim e Barreta.

Além das belas praias, Nísia Floresta tem ainda um imenso complexo de lagoas, são mais de 20, das quais se destacam as lagoas de Arituba, Bonfim e Carcará.

Apesar de ser um dos municípios de maior potencialidade turística do estado, as praias e lagoas de Nísia Floresta ainda são frequentadas mais por norte-rio-grandenses, principalmente veranistas, do que propriamente por turistas.

O acesso ao município, que fica a 43 quilômetros de Natal, no entanto, é fácil. Os passeios pelas praias e lagoas podem ser feito de buggy, carro alugado, via Rota do Sol, e até mesmo de transporte coletivo, por meio de linhas intermunicipais que saem de Natal e Parnamirim.

Veja o mapa turístico do Rio Grande do Norte

Assim como Pirangi do Sul, Pirambúzios tem águas calmas e é mais frequentada por praticantes de esportes náuticos, como kitesurf e windsurf.

Búzios e Tabatinga, por outro lado, tem ondas fortes, que só devem ser encaradas por surfistas mais experientes.

O banho não é recomendado e nesta área, inclusive, há alta incidência de afogamentos.

Nísia Floresta-RN-Cachoeira de Boágua

Nísia Floresta-RN-Cachoeira de Boágua

Em Búzios, no entanto, há várias barracas à beira mar que são um convite para degustar a gastronomia do município, a base de camarão.

Há também formações de lagoinhas, onde as crianças podem se divertir com mais segurança. Mas todo cuidado é pouco.

Quem estiver de buggy ou 4X4, pode arriscar um passeio pelas dunas de Búzios, que esconde também as sete lagoas. A recomendação é encerrar o passeio no pôr-do-sol, que visto das dunas é ainda mais belo.

A praia de Tabatinga é conhecida pelo seu Mirante de Golfinhos, que fica no alto das falésias. Os golfinhos de lá são de “personalidade forte” e algumas vezes teimam em não aparecer.

Mesmo assim, a parada é obrigatória, pois de lá se têm uma das mais belas visões panorâmicas do litoral sul.

Para os banhistas, adultos ou crianças, Camurupim é o paraíso.

Os arrecifes que acompanham toda a extensão da praia são uma barreira natural para as ondas e na maré alta se formam belas piscinas naturais.

Na maré baixa, a Pedra Oca, uma gruta sob os arrecifes, se torna a atração principal da praia. Camurupim dispõe de alguns bares e restaurantes na orla.

A praia de Barreta é a mais deserta de todas, com um pouco mais de movimento durante o verão. O mar é mais é mais agitado e o banho exige atenção em algumas áreas, devido os arrecifes.

Entre Barra de Tabatinga e Camurupim está a Lagoa de Arituba.

De águas cristalinas, rodeada de dunas e muito verde, a lagoa oferece ainda uma boa estrutura de lazer, com barracas, locação de pedalinhos e caiaques, tirolesa, chamada por aqui, de “aerobunda”.

A Lagoa de Carcará está entre os mais os cenários mais incríveis do Rio Grande do Norte.

O acesso difícil ajuda a preservar a beleza do lugar. Para chegar até Carcará, pelo caminho das praias, deve-se seguir pela direita ao chegar à rotatória de Tabatinga, mais a frente haverá uma entrada para estrada de barro, que infelizmente nem sempre estará sinalizada, pois por muitas vezes, as placas são retiradas.

Em dias de chuva, a estrada de barro, pode ficar mais difícil de ser transitada, então, é melhor evitar se estiver em um carro de pequeno porte. Mas todo o esforço para conhecer este paraíso de areias brancas e águas cristalinas vale a pena.

No local, a estrutura é simples, com apenas algumas barracas. Lá, há também locação de caiaques e pedalinhos.

Já a Lagoa do Bonfim é um balneário cercado de propriedades particulares e praticamente não há acesso público. A lagoa, no entanto, é a mais importante do município, pois é a maior de todas e tem um sistema de captação que fornece água para um grande número de cidades das regiões Agreste, Trairí e Potengi.

Para quem tem tempo de sobrar para visitar a “Cidade das Àguas”, há ainda as lagoas Papari, Boa Cica, Boágua, Papeba, Papebinha, Redonda, Ferreira, Urubu, a do Peixe, a dos Cavalos, Ferreirinha, Escura, Amarela, Redondinha, Pium, Lodo, Ilhota, Jabuti, Sítio, Tacho, Dourada, Carnaúba, Anjos e Custódia dos Anjos. E tem também os rios Pirangi, Urucatá, Pium, Camurupim, Araraí, Trairí e os riachos da Boa Cica, Taborda e Timbó.

Praias e Lagoas de Nísia Floresta no Rio Grande do Norte

 
Share this page
 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: