Home / Bahia e Salvador Guia de Turismo / Costa do Dendê / Guia de Turismo da Baía de Camamu

 

Pedra Furada - Baia de CamamuPorto de embarcação para Barra Grande e Baía de Camamu, a cidade de Camamu, às margens do Rio Acarai, abre-se em meio a um vasto manguezal.

Inicialmente habitada pelos índios Macamamus, sua origem remonta a 1560, quando jesuítas ergueram a capela de Nossa Senhora da Assunção de Macamamu – daí o nome da localidade.

Uma das mais antigas cidades brasileiras, Camamu chegou a ser o maior produtor de farinha de mandioca do Brasil.

Construída em dois andares, assim como Salvador, a cidade alta abriga prédios coloniais, a maior igreja do interior do estado – Matriz de Nossa Senhora da Assunção, datada do século XVIII – e antigos casarões.

Matriz de Nossa Senhora da Assunção

Matriz de Nossa Senhora da Assunção

Do mirante, descortina-se uma bela vista da Baía de Camamu, entrecortada por mangues.

Na parte baixa, destaque para a feira e o porto, onde, em 1693, funcionava também a Casa de Câmara e Cadeia.

Veja o mapa da Costa do Dendê

Para desfrutar da natureza por completo, vale a pena passeios de barco ao longo desta que é a terceira maior baía do Brasil (a Baía de Camamu) e conhecer a sua infinitude de ilhas intocadas em meio à mata preservada, e os pequenos povoados que mantêm viva a cultura tradicional.

Outra boa opção é seguir também rumo às praias paradisíacas, cachoeiras, ilhotas e mangues de Barra Grande.

video

Baía de Camamu abriga uma variedade de ilhas de todos tamanhos.

Terceira maior baía do Brasil em volume de águas, depois das baías de Todos os Santos e de Guanabara, a Baía de Camamu abriga uma variedade de ilhas de todos tamanhos, além de praias, florestas e manguezais ainda bem preservados.

Com ventos constantes e águas fundas e calmas, a Baía de Camamu oferece condições favoráveis para velejar e muitos pontos seguros para ancorar.

mapa-baia-de-camumu-barragrande

Veja o mapa da Costa do Dendê

PASSEIOS PELAS ILHAS – O barco é o melhor meio de transporte para descobrir este paraíso ainda pouco explorado pelo turismo.

Pode-se alugar uma lancha rápida ou um barco nos portos de Barra Grande e de Camamu. Durante a temporada turística, escunas organizam passeios para grupos.

O passeio pela Baía de Camamu deve começar pela manhã, para aproveitar melhor o dia.

A ILHA DA PEDRA FURADA – Localizada a 30 minutos de barco a partir de Barra Grande e 1h a partir de Camamu, a Ilha da Pedra Furada deve seu nome a uma rocha cavada pela erosão.

A ilha é bem pequena. Possui uma fonte natural e uma praia com águas cristalinas.

Ali funciona um único restaurante servindo comida típica.

CAMPINHO – Localizado a três quilômetros de Barra Grande, o povoado de Campinho é conhecido pela casa onde Antoine de Saint-Exupéry se hospedou na década de 1930.

Por ter águas muito profundas, o local chegou a ser cogitado para construção de um porto industrial, que acabou sendo transferido para Ilhéus.

As águas calmas e límpidas, cercadas de recifes e repletos de peixes, fazem de Campinho um dos melhores lugares da região para prática do mergulho.

SAPINHO E A ILHA DO GOIÓ – Seguindo baía adentro, chega-se ao povoado do Sapinho. Os manguezais são mais abundantes. Tem bares e restaurantes servindo peixes fritos, caranguejos, siris, lagostas e diversas moquecas regadas a azeite de dendê e muita pimenta.

É parada obrigatória para quem faz o passeio de escuna pela baía. De frente para o povoado, separado por um pequeno braço de mar, a Ilha do Goió possui lindas praias desertas.

A ILHA GRANDE – É a maior ilha da baía, medindo cerca de 4 km², e a mais povoada, com aproximadamente 1500 habitantes. Possui um porto e várias praias com águas calmas e limpas.

Na ponta norte da ilha, a Prainha oferece um cenário cinematográfico. Na Ilha não existe nenhum automóvel.

As ruas são trilhas feitas para caminhar. Alias, é o melhor meio de conhecer a ilha. Tem casas residenciais e algumas pousadas.

SE AVENTURANDO MAIS PELA BAÍA DE CAMAMU – Os lugares citados acima são os mais fáceis de acesso a partir de Barra Grande.

Infelizmente não é possível visitar toda a Baía de Camamu em um dia só.

Quem tiver tempo poderá se aventurar baía adentro e conhecer pequenos lugarejos como Barcelos do Sul, o Tanque, Cajaíba, Âmbar, Ilha das Flores, Ilha Pequena e lugares mais afastados como o Rio Maraú e a Cachoeira do Tremembé.

A CIDADE DE CAMAMU – Porto de embarque para Barra Grande e a Baía de Camamu, a cidade de Camamu está localizada à margem do rio Acaraí em meio a uma área de muito mangue.

Antiga cidade colonial, Camamu foi construída em dois andares, como Salvador.

Na cidade alta, igrejas e antigas casas coloniais. Na cidade baixa, o porto e os comércios.

Para muitos turistas Camamu é apenas um lugar de passagem, mas vale a pena reservar um tempo para conhecer esta cidade carregada de história.

Guia de Turismo da Baía de Camamu

 
Share this page
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
 
%d blogueiros gostam disto:
Play All Replay Playlist Replay Track Shuffle Playlist Hide picture