Conheça as belezas, gastronomia, lazer e a história de Morro de São Paulo

Morro de São Paulo na Bahia
Morro de São Paulo na Bahia

Morro de São Paulo esta na Costa do Dendê é um dos pontos mais belos e badalados do litoral baiano.

Morro de São Paulo faz parte do município baiano de Cairu, localizado no baixo sul do estado. O local é uma ilha, que faz parte do arquipélago baiano de Tinharé, e não circulam carros de turistas por lá. Apenas carros 4×4 e motos de agências de passeio, quadriciclos, e carrinhos de mão.

A pacata vila de 20 anos atrás deu lugar a uma Morro de São Paulo agitada, repleta de pousadas, restaurantes na Rua Caminho da Praia, lojas e vida noturna animada.

A Praça Aureliano Lima, no centrinho da vila, ganhou calçamento de pedras, e, na Segunda Praia, uma passarela de madeira facilitou a circulação até o início da Terceira Praia.

Uma característica, no entanto, continua irretocável: a beleza e a tranquilidade, especialmente da Terceira Praia em direção ao sul da Ilha de Tinharé.

Os principais points de agito de Morro de São Paulo são a Rua Caminho da Praia e a Segunda Praia.

A mais próxima da vila é a Quinta Praia, também conhecida como a do Encanto. Na verdade, ela é apenas uma extensão ao sul da Quarta.

Veja o mapa da Costa do Dendê

Na Ilha de Boipeba estão quatro joias do litoral brasileiro, as praias de Cueira, Moreré, Bainema e Ponta de Castelhanos. São apenas 50 minutos de distância, mas parece outro mundo, tal a tranquilidade do local.

Veja o vídeo sobre as belezas, gastronomia e opções de lazer de Morro de São Paulo na Bahia:

Para chegar até a ilha, há duas alternativas: fretar uma lancha ou, opção mais econômica, fazer o passeio de barco pelo sul da ilha; na alta temporada, o barco pode levar exclusivamente para a cenográfica Moreré — em todos os casos, as saídas são da Terceira Praia.

Morro de São Paulo
Morro de São Paulo

Vídeos sobre o Morro de São Paulo

HISTÓRIA

Morro de São Paulo não é um lugar conhecido unicamente por suas belezas naturais e cultura rica. Nesta ilha se respira muita história também. Seu descobrimento foi no ano 1531, atribuído ao navegador português Martin Afonso de Souza. Teve grande influência no período colonial e em sua história foi alvo de pirataria e contrabando de mercadorias.

Chegou a presenciar a Segunda Guerra Mundial quando os nazistas torpedearam e naufragaram os navios Arará e Itagiba em frente à Primeira Praia de Morro de São Paulo. Este motivo fez o Brasil entrar na Segunda Guerra Mundial.

Antes dos portugueses chegarem a Morro de são Paulo quem vivia nessas terras eram os índios Aimorés e Guerés. O povoamento chegou apenas quando em 1534 o atual Rei de Portugal D. João III dividiu o litoral baiano em três capitanias, uma delas a Capitania de Ilhéus, onde está presente o arquipélago de Tinharé – onde está Morro de São Paulo. Assim, no dia de São Paulo (29 de julho) o tenente Francisco Romero escolheu Morro de São Paulo para ser a sede da capitania.

Surgiu então o primeiro povoado europeu. A sede não durou muito tempo e foi trocada de local. Porém a colonização continuou e não parou mais. E sua função como local estratégico também continuou.

No ano 1630 a Fortaleza Tapirandú começou a ser construída para defender a capital de ataques holandeses e de roubo das mercadorias. A construção da Igreja Nossa Senhora da Luz – nome de sua padroeira – foi em 3 etapas, a primeira delas em 1628. Sua finalização foi apenas no ano de 1845.

As casas e a população foram aumentando, e em 1746 iniciaram as obras da Fonte Grande para que a população e as tropas tivessem fornecimento de água. Antigos moradores contam que a não tanto tempo atrás os moradores tomavam banhos coletivos devido à falta de água encanada.

Em 1848 a construção do Farol de Morro de São Paulo foi iniciada. Foi construído com o objetivo de facilitar o acesso a cidade de Valença.

Farol de Morro de São Paulo
Farol de Morro de São Paulo

Até pouco tempo atrás ainda era um lugar tranqüilo de se viver. Nativos do local contam que a sobrevivência era basicamente a pesca. Um pequeno vilarejo onde até a década de 70 não havia telefone e luz elétrica. A luz elétrica só veio para ilha em 1985.

Atualmente Morro de São Paulo é um dos destinos tropicais mais procurados pelos turistas dos quatro cantos do mundo. Mas isso não foi sempre assim. Na década de 70 quando os primeiros veranistas surgiram à pacata vila não imaginava o que estria por acontecer.

Os veranistas que alugavam as casas de pescadores começaram a construir suas próprias casas de veraneio. E quando os mochileiros e hippies descobriram a ilha espalharam através de seus relatos a beleza e encantamento pelo lugar.

Então os turistas chegaram e as casas do pequeno vilarejo viraram hotéis, pousadas e restaurantes. Mas é claro, ainda mantendo suas belezas naturais. Porém o crescimento não e as construções desordenadas começaram a aparecer também. Mas Morro de São Paulo ainda é um pedaço de paraíso que encanta a seus moradores e visitantes, que às vezes apaixonados pelo lugar resolvem troar a agitada vida na cidade por uma charmosa ilha.

Existem tantos estrangeiros e gente do Brasil todo que vive em Morro de São Paulo que o lugar já tem uma cultura eclética que os incorpora. Com certeza é um belo lugar para se viver ou apenas visitar.

CRONOLOGIA

Morro de São Paulo protegia a chamada “barra falsa da Baía de Todos os Santos”, entrada estratégica para o Canal de Itaparica até o Forte de Santo Antônio (atual Farol da Barra);e o canal de Tinharé era essencial no escoamento da produção dos principais centros para o abastecimento da capital, Salvador. 

A importância geográfica da ilha durante o período colonial justifica a riqueza de monumentos históricos, hoje protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional.

1531

Martim Afonso de Sousa desembarca na Ilha de Tinharé, que integrará a Capitania de São Jorge dos Ilhéus. D.João III doa as terras a Jorge de Figueiredo Correa, que inicia o processo de colonização da propriedade.

1535

Francisco Romero e a populaçäo local fundam a Vila de Morro de São Paulo, situada ao extremo norte parte da ilha.

1624

O Comandante Johan Van Dortt e sua esquadra desembarcam na ilha durante a rota para Salvador.

1628

O Almirante holandês Pieter Pieterzoon Hiyn lidera o ataque e saqueamento da vila.

1630

O Governador Geral Diogo Luiz de Oliveira inicia a construção da Fortaleza do Morro de São Paulo, o Forte.

1728

Término da construção do Forte da Ponta e cortinas de muralha ao longo da ilha. Derrota do Almirante francês Villegaignon pelas tropas lusitanas.

1746

Construção da Fonte Grande, o maior sistema de abastecimento de água da Bahia colonial.

1845

Conclusão das obras da Igreja e Convento Santo Antônio, a Capela de N. Sra da Luz.

1855

Eng. Carson finaliza as obras do Farol.

1859

Visita da Família Real e D. Pedro II.

COMO CHEGAR

Como chegar em Morro de São Paulo
Como chegar em Morro de São Paulo

Como dito anteriormente, a ilha de Morro de São Paulo não tem acesso via carro. Para chegar lá, necessariamente é preciso pegar algum transporte marítimo. Mas há diferentes formas de ir para Morro. Confira:

  • Semiterrestre

O primeiro passo é pegar o Ferry-boat em Salvador até Bom Despacho, na Ilha de Itaparica. De lá, você pode optar por carro, ônibus ou transfer para chegar até Valença.

Em Valença, você vai parar em um dos vários estacionamentos perto do cais – caso esteja de carro – e pegar um barco ou lancha rápida para Morro de São Paulo.

Caso opte por ônibus, a passagem pode ser comprada no terminal de ônibus em Bom Despacho. e preferir, você pode comprar com antecedência pelo site da Clickbus (coloque Bom Despacho como origem e Valença como destino).

O percusso de carro dura aproximadamente 2 horas, enquanto a travessia do ferry-boat demora cerca de 50 minutos. Já a travessia de Valença para Morro de São Paulo leva cerca de 30 minutos. A passagem deve ser comprada na hora.

  • Via terrestre até Valença

Você pode ir de carro para a Ilha de Itaparica. Para isso, saia de Salvador pela BR-101 até Santo Antônio de Jesus, siga até Nazaré das Farinhas, via BA-028, e, por último, percorre a BA-001, que liga Nazaré à ilha. O percurso, desde o início da BR-324 até o terminal de Bom Despacho, é realizado em cerca de 3h30 (270km).

Da ilha, siga até Valença. Lá, em Valença, você vai parar em um dos vários estacionamentos perto do cais – caso esteja de carro – e pegar um barco ou lancha rápida para Morro de São Paulo.

  • Catamarã

Catamarã é a opção mais rápida para chegar em Morro de São Paulo. A embarcação sai do Terminal Marítimo – próximo ao Mercado Modelo – e vai direto para Valença. A travessia dura cerca de 2 horas.

No entanto, pelo fato da embarcação balançar muito, é comum que muita gente acaba enjoando.

  • Táxi aéreo

Essa é uma das opções, mas claro que pare quem pode. Se você tem dinheiro, você pode pegar um transfer aéreo direto para Morro de São Paulo. Lá na ilha de Tinharé, o avião pousa no aeroporto regional de Cairu.

COMO CIRCULAR

Os únicos veículos permitidos na ilha do Morro de São Paulo são os tratores, jardineiras e os carros de pousadas e agências de turismo. Mesmo assim, do cais até a Terceira Praia só dá para ir a pé.

A partir do início da Quarta Praia, você consegue contratar uma charrete.

Na chegada, carregadores podem levar as bagagens em carrinhos de mão.

ONDE FICAR EM MORRO DE SÃO PAULO

Há várias boas pousadas em Morro de São Paulo, com instalações básicas.

A melhor é a Pousada Villa dos Corais, na Terceira Praia.

Outras recomendações são a Vila dos Orixás e Anima (ambas na Quinta Praia), a Villa dos Graffitis (Segunda Praia), Pousada Fazenda Caieira (Terceira Praia) e a Charme Pousada, na vila.

mapa turistico do Morro de São Paulo - BA
mapa turístico do Morro de São Paulo – BA

PRAIAS DO MORRO DE SÃO PAULO

As principais praias do Morro de São Paulo estão localizadas ao sul e têm o nome de: Primeira Praia, Segunda Praia, Terceira Praia, Quarta Praia e Quinta Praia que também é conhecida como Praia do Encanto.

Todas essas praias, com suas conhecidas águas mornas e transparentes, nos proporcionam o “verdadeiro banho de mar”, e nos permitem uma conexão total com a natureza.

A Quarta e a Quinta Praia, são praias praticamente desertas, são verdadeiros oásis do sossego.

Primeira Praia no Morro do São Paulo
Primeira Praia

A Segunda Praia é conhecida pela sua badalação e agito, tanto durante o dia como à noite.

Ao lado norte da vila de Morro de São Paulo há também a Praia do Porto de Cima, Praia da Ponta da Pedra e a Praia da Gamboa. Estas praias são mais conhecidas pelos moradores, são pouco freqüentadas pelos turistas.

Primeira Praia

A Primeira Praia é a mais próxima da vila. Nela foram construídas as primeiras casas de veraneio.

É a praia mais freqüentada pelos moradores.

Nela há algumas barracas onde é servido culinária típica baiana, e é na Primeira Praia de Morro de São Paulo também que está a maior tiroleza do Brasil, onde os turistas costumam aproveitar a aventura e curtir a paisagem do lugar.

Segunda Praia

A Segunda Praia é a praia mais agitada e também a mais badalada da ilha de Tinharé.

Segunda Praia no Morro de São Paulo
Segunda Praia

Nela está o agito todo do Morro de São Paulo. Existe um complexo de bares e restaurantes que garantem um bom atendimento aos turistas, e é aqui onde é divulgada toda a programação noturna.

À noite possui uma diversidade de barracas de artesanato e de bebidas típicas como “caipifrutas”, e é aqui que acontece o “luau”, regado de muita música e axé.

Terceira Praia

A Terceira Praia de Morro de São Paulo possui um grande complexo de pousadas e restaurantes, e é dela que partem os passeios de barco oferecidos pelas agências locais.

Terceira Praia no Morro de São Paulo
Terceira Praia

A faixa da praia fica bastante estreita no caso de maré alta. As Pousadas e os hotéis encontrados na Terceira Praia apresentam uma grande diversidade de preços, tem para todos os gostos e bolsos.

Quarta Praia

A Quarta Praia de Morro de São Paulo é conhecida por suas águas calmas, mornas e cristalinas.

Pela vasta presença dos típicos coqueiros da região e pela sua extensão de mais de quatro quilômetros de paz e tranquilidade que nos proporcionam uma caminhada inesquecível a beira mar.

Quarta Praia no Morro de São Paulo
Quarta Praia

Quinta Praia

A Quinta Praia fica situada a seis quilômetros da vila, e é a mais bem preservada da ilha.

São dois quilômetros de areia fina e branca, águas transparentes e mornas onde encontramos manguezais e podemos ter contato com a Mata Atlântica.

Uma imensa barreira de corais dá forma a várias piscinas naturais, onde podemos mergulhar e observar a vida marinha nesse paraíso ecológico que é a Quinta Praia ou também chamado de Praia do Encanto de Morro de São Paulo.

Praia da Gamboa

A Praia da Gamboa fica ao norte da ilha. É no caminho dela que encontramos a Praia do Porto de Cima e a Praia da Ponta da Pedra.

A Gamboa do Morro de São Paulo é um vilarejo de pescadores, ainda pouco freqüentada pelos turistas.

Praia da Gamboa no Morro de São Paulo
Praia da Gamboa

Possui uma ótima infra-estrutura para os visitantes.

Há várias barracas à beira mar, onde é servida a culinária típica da região, em geral feita pelas famílias dos pescadores que sabem oferecer hospitalidade e agradar ao paladar dos turistas.

SUGESTÕES DE ROTEIROS

2 dias

Conheça todas as praias de Morro de São Paulo. Fique um dia na Primeira e na Segunda, que são mais agitadas, e reserve um período para a caminhada da Terceira à Quinta praia, mais intocadas.

É imperdível o pôr do sol no Farol do Morro.

4 dias

Reserve um dia para o passeio de volta à ilha, que passa pelas piscinas naturais da Praia de Garapuá e para em Moreré, na Ilha de Boipeba.

Em outro dia, faça o mergulho com máscara e snorkel nos recifes da Segunda, Terceira e Quarta praias.

Morro de São Paulo
Morro de São Paulo

QUANDO IR

Morro tem clima estável durante quase todo o ano e o sol sempre aparece na ilha. As chuvas são bem distribuídas ao longo do ano, o que quer dizer que é difícil passar vários dias com o tempo fechado. Ou seja, é uma época do ano boa para pegar praia em qualquer estação.

No entanto, para quem gosta de maior badalação e movimento, o verão é a melhor época para ir a Morro de São Paulo. Entre os meses de dezembro e fevereiro, as festas são frequentes, o clima é perfeito para um bom banho de mar.

VIDA NOTURNA

O esquenta começa no pôr do sol em Morro de São Paulo: o bar Toca do Morcego (8106-6305), no início da subida para o Farol, tem animada happy hour, quase sempre com música ao vivo.

Depois, vale tomar uma caipirinha nas barracas da Rua Caminho da Praia e da Praça Aureliano Lima, no centrinho do Morro.

Ou rumar direto para a Pulsar Disco, no caminho para a Fortaleza, que aos sábados promove a festa da espuma. Na Segunda Praia, o movimento ocorre depois da meia-noite, com luaus e música de todos os tipos.

Guia de turismo e viagem do Morro de São Paulo na Bahia

3 Comments

  1. Pingback: Morro de São Paulo é um dos destinos mais queridos da Bahia - videos

  2. Pingback: Características e Turismo no Arquipélago de Tinharé - vídeo

  3. Pingback: Cairu oferece além de belíssimas paisagens muita cultura - video

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 − 13 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Hide picture