Igreja Nossa Senhora dos Mares é uma igreja com estilo neogótico

Igreja Nossa Senhora dos Mares em Salvador
Igreja Nossa Senhora dos Mares em Salvador

A Igreja Nossa Senhora dos Mares é a única igreja da Bahia construída sob o estilo neogótico, caracterizado pelo verticalismo, telhado em forma de pirâmide, torres pontiagudas e predominância de janelas e rosáceas.

Os carmelitas ergueram uma capela dedicada a Nossa Senhora dos Mares, em 1749.

A capela ficava mais ou menos no centro da praça em frente a atual igreja, somente em 1871 o capitão-mor Manuel da Costa Araújo, e um grupo de fieis construíram a paróquia.

O seu quarto vigário, monsenhor Anísio Ayres Esteves tomou posse em 1927, quando a velha paróquia dava sinais de não resistir ao tempo, neste período ela foi arrombada por um jovem ambicioso de uma família conceituada, onde teve o sacrário violado e a sua ambula de ouro maciço furtada, tendo suas hóstias jogadas ao mato no terreno em frente à igreja, onde em 1930 foi lançada a pedra fundamental da nova matriz, dedicada ao Santíssimo Sacramento e do Clero Secular.

O culto foi somente iniciado em 1937 com a transladação das imagens e a procissão do santíssimo da antiga para a nova igreja. As obras ainda estavam em andamento, e apesar dos problemas havia uma boa visitação, em média eram realizados 180 batismos por domingo, além de muitos casamentos.

Igreja Nossa Senhora dos Mares em Salvador

Posteriormente a antiga paróquia foi demolida e no seu lugar construída a atual praça Manoel da Natividade Maria.

TIPOLOGIA ARQUITETÔNICA E ELEMENTOS CONSTRUTIVOS

Sendo a arquitetura tirada de um catálogo de obras francesas e seguindo as influencias do período gótico radiante, foi utilizado o concreto armado substituindo a pedra na sua construção da paróquia.

No seu exterior, podemos destacar a sua verticalidade e simetria.

Ritmada por seus contrafortes que se prolongam em pináculos no seu topo e intercalados por rendilhados e janelões de ferro em formas de arco ogivais e seus vitrais coloridos com rosáceas, que dão um uma iluminação alegre e especial ao seu interior, além de platibandas decoradas.

Possui uma única torre, sendo esguia e localizada no centro da fachada principal, mede um pouco mais de cinquenta metros de altura, com sequências de janelas e gabletes pontiagudos decorados com cogulhos sob o vão da entrada principal e ascendendo sob toda a torre, inclusive no coruchéu esguio, onde possui no topo um cruzeiro substituindo a agulha. Sua porta principal é de madeira almofadada em forma de arco ogival.

Outro fato importante são as ausências de arcos botantes e uma rosácea central.

A igreja possui uma entrada principal e duas laterais, e na sua planta tipo salão podemos destacar uma nave principal, corredores laterais com altares em mármore dedicado aos santos Sagrado Coração de Jesus, Senhor Bom Jesus dos Navegantes, São José Operário, e Nossa Senhora das Dores, o altar principal dedicada a Nossa Senhora dos Mares, o deambulatório, onde fica o confessionário e a porta de acesso a sacristia, e um altar de pedra com os jazigos dos primeiros padres da igreja: monsenhor Manuel da Natividade Maria, monsenhor Anysio Ayres Esteves, e monsenhor Vitalino de Munford.

Ao lado direito da entrada principal existe uma escada, que dá acesso ao coro que fica logo acima. O piso de granito, A cobertura do teto é em abóbadas de cruzarias e estreladas, com ogivas em cadeia, apoiada em pilares fasciculados. Na cobertura também estão esculpidos seis anjos de mãos postas em torno do brasão do primeiro congresso eucarístico nacional.

Guia de Turismo e Viagem de Salvador, Bahia e Nordeste

Leave a Comment

You have to agree to the comment policy.

*

três × três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
Hide picture