Museu Cais do Sertão une arte, cultura e tecnologia

Museu Cais do Sertão
Museu Cais do Sertão

A poucos metros do Marco Zero do Recife, está instalado o Cais do Sertão

O museu Cais do Sertão tem 7.500 m2 de área construída apoucos metros do Marco Zero do Recife, está instalado o Cais do Sertão

A proposta do Cais do Sertão é ser bem mais do que um museu para abrigar o acervo e reverenciar a obra do mais importante artista pernambucano de todos os tempos.

Utilizando recursos expositivos e tecnológicos inovadores, o espaço irá proporcionar aos visitantes uma experiência de imersão no universo do sertão nordestino, origem e fonte de inspiração de Luiz Gonzaga, em toda sua riqueza, diversidade e complexidade.

“O sertão vai virar mar e o mar vai virar sertão”.

Um dos mais modernos equipamentos culturais do País, o Cais do Sertão retoma a antiga profecia de Antônio Conselheiro.

Em um espaço de 7.500 metros quadrados, no local do antigo Armazém 10 do Porto do Recife, arte, cultura e tecnologia se unem em um projeto inovador.

Vídeo sobre o Museu Cais do Sertão

Museu Cais do Sertão

Museu Cais do Sertão

Utilizando recursos expositivos e tecnológicos de última geração, o museu convida o visitante a vivenciar uma experiência de imersão no universo do sertão nordestino e a se surpreender com sua riqueza, diversidade e complexidade.

A obra de Luiz Gonzaga, artista que melhor cantou e traduziu com genialidade a vida do homem nordestino para o mundo, é o fio condutor desse mergulho na realidade sertaneja.

Percorrer os diferentes espaços do museu é descobrir e vivenciar as múltiplas dimensões desse universo: Viver, Trabalhar, Cantar, Ocupar, Crer, Migrar e Criar no Sertão.

Museu Cais do Sertão está dividido em dois módulos

Módulo 1: Neste local, de 2 mil m2, está sendo instalada a exposição permanente, que propõe uma imersão na cultura do Sertão e na obra de Luiz Gonzaga, por meio de objetos, obras de arte especialmente criadas para compor o acervo e intervenções tecnológicas.

Módulo 2: Corresponde ao Centro Cultural com auditório, salas para oficinas, restaurante, café e espaços de ambientação e convivência. A área total é de 5,5 mil m2. As obras físicas estão em fase de execução, com previsão de inauguração no final de 2014.

Mar e sertão, novo e antigo, tecnologia e tradição ancoradas em uma surpreendente estrutura no porto histórico, porta de entrada do mundo para o Recife do século XXI.

Realização

O Cais do Sertão é um projeto do Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Está orçado em R$ 97 milhões, recursos do Ministério da Cultura e do Tesouro Estadual.

Esses recursos englobam as obras de construção civil, instalações, equipamentos, mobiliário, conteúdo, elaboração do modelo de gestão e projeto educativo. Para a execução do projeto, foram firmados convênios com o Porto do Recife, Porto Digital (através do Porto Mídia) e Fundação Gilberto Freyre.

O Cais do Sertão é parte do projeto Porto Novo, com o qual o Porto do Recife está devolvendo à cidade espaços antes dedicados à operação portuária.

Trata-se de um grande projeto de requalificação e reurbanização de espaços nobres que vão dialogar e enriquecer as opções de lazer, cultura e turismo do Bairro do Recife.

Além do museu, integram este projeto o Centro de Artesanato de Pernambuco, o Terminal Marítimo de Passageiros e a reurbanização de todo o entorno desses equipamentos.

Museu Cais do Sertão em Recife

Leave a Comment

You have to agree to the comment policy.

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Hide picture