Sertão

A região do Sertão de Pernambuco possui grande potencial histórico, cultural como Lampião e o Cangaço, além das cidades de Petrolina, Serra Talhada e Triunfo.

O sertão do estado também tem um sítio de clima diferenciado.

A 1004 metros de altitude fica a cidade de Triunfo, a mais alta do território pernambucano, onde todos os anos acontece a Festa do Estudante, com grupos de teatro de dança, e o Festival de Cinema, no Cine Teatro Guarany, um prédio tombado pelo patrimônio histórico.

Pernambuco tem ainda a Feira de Caruaru, a maior feira livre do mundo, considerada patrimônio imaterial do Brasil pelo IPHAN; o Teatro de Nova Jerusalém, o maior teatro ao ar livre do mundo onde, todos os anos, é encenado o espetáculo da Paixão de Cristo; o Parque Nacional da Serra do Catimbau, entre o Agreste e o Sertão pernambucano, formado por um complexo de serras, vales e rochas sedimentares, distribuídos em 90 mil hectares, que impressiona pela grandiosidade e primitivismo; a Serra Negra, em Bezerros, situada em uma altitude de 960 metros com temperatura de até 9º C, cercada por uma reserva ecológica, que faz da sua beleza um cenário para cartão postal; o Vale do São Francisco, com suas dezenas de vinícolas, local ideal para os amantes de um bom vinho.

O Sertão de Pernambuco é uma região repleta de belezas naturais, história rica e cultura vibrante, oferecendo uma experiência única para os turistas que desejam explorar o Nordeste brasileiro de forma autêntica.

Destinos e atrações turísticas do Sertão de Pernambuco

Principais Destinos e Atrações

1. Petrolina

  • Localização: Às margens do Rio São Francisco, Petrolina é uma das principais cidades do Sertão pernambucano.
  • Atrações: Vinícolas do Vale do São Francisco, onde os visitantes podem fazer passeios e degustações; Ilha do Rodeadouro, um local popular para banhos de rio e lazer; e a Catedral de Petrolina, um marco arquitetônico da cidade.
  • Eventos: Festa do Vinho, um evento anual que celebra a produção de vinho na região.

2. Serra Talhada

  • Localização: Conhecida como a “Capital do Xaxado,” Serra Talhada é famosa por sua cultura e história.
  • Atrações: Museu do Cangaço, que oferece uma visão detalhada sobre a vida de Lampião e o movimento do cangaço; o Sítio Passagem das Pedras, onde Lampião nasceu; e a Serra Grande, ideal para trilhas e caminhadas.
  • Eventos: Festa de Setembro, que inclui shows, apresentações culturais e celebrações religiosas.

2. Triunfo

  • Localização: Situada na Serra da Baixa Verde, Triunfo é conhecida pelo clima ameno e pelas paisagens montanhosas.
  • Atrações: Teleférico de Triunfo, que oferece uma vista panorâmica da cidade; o Museu do Cangaço; e o Cine Theatro Guarany, um dos cinemas mais antigos do Brasil ainda em funcionamento.
  • Eventos: Festival de Inverno, com programação cultural variada incluindo música, teatro e dança.

3. Floresta

  • Localização: Uma cidade com grande importância histórica, especialmente durante o período do cangaço.
  • Atrações: Barragem de Barra do Juá, uma opção para lazer e pesca; Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário; e passeios ecológicos na Caatinga.
  • Eventos: Festividades religiosas e festas juninas são populares na região.

4. Exu

  • Localização: Cidade natal do Rei do Baião, Luiz Gonzaga.
  • Atrações: Museu do Gonzagão, que homenageia a vida e a obra do famoso sanfoneiro; Parque Aza Branca, onde estão a casa e o mausoléu de Luiz Gonzaga.
  • Eventos: Festa Viva Gonzagão, celebrada em dezembro, marcando o aniversário do artista.

Atividades Turísticas

Ecoturismo

  • Parque Nacional do Catimbau: Localizado entre Buíque, Ibimirim e Tupanatinga, é a segunda maior área de sítios arqueológicos do Brasil, com trilhas, formações rochosas e pinturas rupestres.
  • Serra do Pajeú: Ideal para trilhas e caminhadas, com paisagens que incluem cânions, cavernas e vegetação típica da Caatinga.

Turismo Cultural

  • Rota do Cangaço: Percorrer os locais históricos ligados ao cangaço, incluindo museus e antigos esconderijos de Lampião e seu bando.
  • Festas e Festivais: Participar das festas regionais, como as festas juninas, que são marcadas por quadrilhas, fogueiras e comidas típicas.

Gastronomia

A culinária do Sertão de Pernambuco é rica e variada, refletindo a cultura e os costumes locais. Entre os pratos típicos estão:

  • Baião de Dois: Mistura de arroz com feijão e carne seca.
  • Carne de Sol: Carne curada ao sol, servida com acompanhamentos como macaxeira (mandioca) e feijão verde.
  • Queijos e Doces: Queijo coalho, doces de leite e goiabada são bastante populares.

Conclusão

O Sertão de Pernambuco é um destino que oferece uma combinação única de belezas naturais, história rica e cultura vibrante.

Desde as paisagens áridas da Caatinga até as cidades históricas e festivas, há muito para explorar e descobrir.

Seja para ecoturismo, turismo cultural ou simplesmente para desfrutar da hospitalidade local, o Sertão pernambucano é uma região que encanta e surpreende seus visitantes.