Igreja de São José do Desterro em São Luís do Maranhão – História

Igreja de São José do Desterro em São Luís do Maranhão
Igreja de São José do Desterro em São Luís do Maranhão

Como grande parte dos templos religiosos coloniais de São Luís, a Igreja de São José do Desterro foi reconstruída várias vezes, especialmente depois dos combates entre portugueses e holandeses que marcou a história da cidade.

No início era uma pequena capela coberta de palha com a porta principal voltada para o mar (onde se encontra atualmente seu altar-mor) e não para a Rua da Palma, como hoje.

A eremita surgiu tendo como orago São Jorge, segundo consta em Anais Históricos da Província do Maranhão (1849), e depois foi consagrada a Nossa Senhora da Boa Hora.

Leia mais: Conheça também a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios

Em 1641, quando os invasores holandeses desembarcaram na praia do Desterro com esquadra de mais de mil homens com propósito de tomar a cidade, a ermida já havia sido consagrada a Nossa Senhora do Desterro.

Os recém-chegados, então, profanaram-na e destruíram a imagem de sua padroeira. Após a expulsão dos invasores, a igreja foi reconstruída tendo sua própria irmandade.

Igreja de São José do Desterro em São Luís do Maranhão

Foi essa mesma confraria que embargou, em 1654, a construção de um convento que os frades mercedários João Cerveira e Marcos Natividade pretendiam edificar no lugar da igreja e nos terrenos adjacentes.

A casa (Convento das Mercês) foi construída em local próximo, no mesmo bairro do Desterro que à época situava-se o Portinho, principal porto de escoamento de São Luís e de vital importância para a cidade.

Conheça a história do Convento das Mercês

A segunda edificação foi erguida, desta vez, com frente voltada para o largo em que termina a Rua da Palma e começam os becos do Precipício, do Desterro e do Caela.

Acredita-se que essa segunda igreja tenha durado cerca de um século e sido a segunda em maior importância para a capital tendo em vista os registros de procissões saída da Sé sob o comando do bispo D. Frei José Delgarte.

No início do século XIX a Igreja do Desterro estava em completo abandono e sua estrutura arruinada, até que desmoronou em 1832. Foi graças à devoção de um negro pobre chamado José Lé que o templo foi reerguido.

Ele utilizou recursos próprios e buscou na mata madeira, pedra e cal. Não conseguiu ver sua obra concluída, o que foi continuada pelo escrivão José Antônio Furtado de Queixo e entregue à população em 1839, agora como Igreja de São José do Desterro, em homenagem aos dois homens que a ergueram, consagrada a São José.

Mas essa terceira ermida também não durou muito tempo. Após a morte do escrivão, novamente a caiu em abandono, sendo roubados de lá peças em ouro e prata que formavam um dos mais preciosos acervos religiosos da cidade.

Igreja de São José do Desterro em São Luís do Maranhão
Igreja de São José do Desterro em São Luís do Maranhão

A Câmara Municipal queria derrubar o que restou do templo, para construir no local uma praça e um mercado de peixe.

Mas os devotos não deixaram. A mando do bispo e com apoio financeiro da sociedade e patrocínio das senhoras maranhenses, a nova igreja foi inaugurada com missa no dia 21 de novembro de 1869.

Um gradeado na torre sineira carrega a inscrição 1868, data que foram terminadas as obras.

Cinquenta anos depois, a igreja é interditada novamente. A imagem do padroeiro é lavada para a Sé e os demais utensílios para a Nossa Senhora do Rosário.

A igreja de São José foi reaberta em 1943, passando por restaurações nos anos de 1954, 1975, 1981 e 1994. Naquele ano, os quatro sinos foram bentos com nomes de São José, São Luís, Santa Bárbara e São Jerônimo.

A Igreja do desterro apresenta planta pentagonal, diferente das outros templos da região.

O altar-mor tem piso de cantaria e o retábulo, características neoclássicas, encimado por imagens de ferramentas, fazendo alusão à profissão de São José.

A imagem do santo está sobre seis degraus. Não se sabe, contudo, a fonte de inspiração do frontão composto por quatro ogivas, três menores e uma maior encimada por uma cruz.

Igreja de São José do Desterro
Largo do Desterro, Rua da Palma

Guia de Turismo e Viagem de São Luís do Maranhão e Nordeste

Leave a Comment

You have to agree to the comment policy.

*

9 − oito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Hide picture