Home / Bahia e Salvador Guia de Turismo / Salvador / Principais pontos turísticos de Salvador da Bahia

 
Principais pontos turísticos de Salvador da Bahia - Mercado Modelo Salvador Bahia

Mercado Modelo

Os pontos turísticos, patrimônio arquitetônico e atrações naturais de Salvador da Bahia construiu-se numa riqueza valorizada pela revitalização dos sítios naturais, históricos e culturais da cidade e monumentos originais.

Salvador é uma das mais belas e visitadas cidades do Brasil. Reúne inúmeras atrações e pontos turísticos para todos os gostos: praias e belezas naturais, locais históricos, que remetem ao inicío da colonização brasileira, muita música, gastronomia típica, religiosidade, capoeira, além de possuir o maior carnaval do mundo.

Impossível pensar em Salvador e não lembrar imediatamente de locais como Elevador Lacerda, Farol da Barra, Mercado Modelo, Pelourinho e Igreja do Senhor do Bonfim.

ROTEIRO NO CENTRO HISTÓRICO DE SALVADOR DA BAHIA

Roteiro no Centro histórico

Não é a toa que Salvador é conhecida como a capital da alegria, pois é muito hospitaleira com todos que a visitam, acolhendo os visitantes do mundo inteiro com muitos sorrisos e oferencendo os melhores e mais surpreendentes roteiros.

Mapa dos pontos turísticos de Salvador da Bahia

Mapa dos pontos turísticos de Salvador da Bahia

A mistura de raças, credos e cores formou uma cultura singular em Salvador, que está presente em todas as partes da cidade, durante o ano todo, podendo ser apreciada em sua mais diversas manifestações, como a capoeira, o candonblé, a percussão, as danças e o carnaval.

Salvador está entre as cidades mais ensolaradas do mundo, sendo o clima ideal para os seus 50 quilômetros de praias, distribuídas entre a cidade alta e a cidade baixa, banhadas pelas águnas do oceano Atlêntico e da Baia de Todos os Santos.

Por isso, os lugares turísticos de Salvador oferecem a oportunidade de uma profunda imersão no tempo e nos seus acontecimentos.

Centro Histórico: O Centro Histórico de Salvador é composto por vários prédios em ruínas e passaram a ser recuperados isoladamente nos últimos 30 anos; porém a parir de 1991, este trabalho teve um grande impulso com a revitalização de quarteirões inteiros de antigas residências, conventos e igrejas.

Centro Histórico de Salvador

Centro Histórico de Salvador

É por isso que hoje existe mais de 800 edifícios com fachadas e interiores restaurados, dentre os quais alguns adaptados para novas funções devido a meta de revitalizar a área com fins culturais.

Praça Municipal: A Praça foi aberta por oferecer melhor proteção contra os ataques dos nativos e dos corsários por mar.

A Casa do Governador, o prédio da Câmara Municipal e outras construções foram feitas inicialmente em taipa e cobertas de palha e, com o passar do tempo, reedificadas em pedra, tijolo e cal.

Elevador Lacerda: Considerado um cartão postal de Salvador, o Elevador Lacerda ressalta a originalidade topográfica de uma cidade separada em dois níveis.

Elevador Lacerda

Elevador Lacerda

Este grandioso monumento arquitetônico surpreende pelo seu porte, 74 metros da base à torre dos elevadores. A primeira torre foi inaugurada em 1873 e a segunda, em 1930.

Transportando, atualmente, mais de 20 mil passageiros por dia, o ascensor foi idealizado e construído pelo engenheiro Antônio de Lacerda em parte com recursos próprios e em parte com doações de comerciantes da cidade. Possui quatro elevadores que fazem o percurso entre a Cidade alta e a Cidade Baixa em apenas 11 segundos.

Pelourinho: Área que abrange um dos mais antigos bairros de Salvador e mostra a expansão da cidade nos séculos de XVII e XVIII. Tombados pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Cultural da Humanidade, o Pelourinho é ocupado por antigos casarões de poderosas autoridades do Governo, ricos senhores-de-engenho e nos próprios comerciantes.

Pelourinho em Salvador

Bairro do Pelourinho em Salvador, com diversas construções históricas.

A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos reafirma na cidade a devoção iniciada pelos padres dominicanos na costa africana e compõe o cenário do Largo do Pelourinho, que remete o visitante a uma era de riquezas e ostentação.

Alguns edifícios do Pelourinho, como o Solar do Ferão, abrigam alguns dos mais importantes museus da cidade, como o Museu Abelardo Rodrigues, a Fundação Casa de Jorge Amado, o Museu da Cidade, o Museu das Portas do Carmo e o Museu Tempostal.

Cidade baixa: A Cidade Baixa surgiu com sucessivas ampliações da área de praia original, que, a partir de meados do século XVI, chegava ao pé da “montanha” para servir como o Porto da antiga Salvador.

Nela foram construídas fortificações, amarras de naus, cais para saveiros e depósitos de mercadorias que iam e vinham de todas as partes do mundo. A primeira área é chamada de Conceição da Praia. Na direção Sul, localiza-se a Segunda área, abrangendo o Solar do Unhão.

Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia: O terceiro templo erguido no mesmo local em louvor à santa de devoção do fundador da cidade Tomé de Souza, foi iniciado em 1736.

Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia

Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia

A construção atual, com fachada de característica neoclássica e interior com decoração inspirada no barroco joanino, teve sua conclusão em 1849. As pedras que compõem a fachada do templo vieram de Lioz, em Portugal.

As torres, dispostas em diagonal, conferem uma monumentalidade original ao templo.

Bahia.ws é o maior guia de turismo e viagem da Bahia e Salvador.

Principais pontos turísticos de Salvador da Bahia

 
Share this page
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: